Candidato a rival de Anderson provoca: ‘Eu o finalizaria’

Chris Weidman disse que seu estilo de luta seria um pesadelo contra o campeão

O presidente da UFC, Dana White, deve esperar a estreia de Hector Lombard, cubano de 34 anos, contra Tim Boetsch, neste fim de semana, para definir o próximo rival de Anderson Silva. Mas o americano Chris Weidman, que venceu Mark Muñoz na quarta-feira, continua pedindo uma chance de desafiar o brasileiro campeão dos médios. Menos provocativo que o falastrão Chael Sonnen, Weidman falou ao site americano MMA Fighting e disse que é capaz de finalizar Anderson Silva.

Leia também:

Anderson Silva cumpre promessa e espanca Sonnen –

Após derrotas, Chael Sonnen já cogita mudar de categoria

“Penso que meu estilo de luta seria um pesadelo contra Anderson Silva. Meu objetivo não é apenas enfrentá-lo, vou para vencer Anderson Silva e finalizá-lo”. Apesar de toda a euforia para enfrentar o campeão, Weidman sabe que precisará esperar um pouco mais para a luta contra o brasileiro: “Será que o Anderson quer lutar comigo? Ele está aproveitando para ganhar muito dinheiro no Brasil. Não sei se seria interessante pra ele enfrentar um jovem como eu. Ainda mais lutar contra um nome que não seja tão lucrativo quanto o seu último adversário”. Leia também: Nas lutas, Anderson e Sonnen invertem papéis A propósito, o mais recente adversário de Anderson, Chael Sonnen, não se tornou persona non grata apenas no Brasil. Nesta semana o lutador americano Rampage Jackson também perdeu a paciência com o falastrão. “Chael perdeu porque não presta. Ele deveria cumprir sua promessa e deixa o UFC, já que foi derrotado de forma horrível”, disse ao site MMA Elite. Leia também:

UFC: sem ‘clone’ de Anderson, quem é capaz de vencê-lo?

No auge da popularidade, o MMA vai dando adeus a suas lendas

‘Eu apanhei de Júnior Cigano. Mas quero minha revanche’

Infográfico UFC

Infográfico UFC (VEJA)