Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Candidata única, Sharapova deve ser porta-bandeira russa em Londres

O título de Roland Garros e a volta ao topo do ranking mundial do tênis feminino credenciaram a russa Maria Sharapova a ser a porta-bandeira da delegação de seu país na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Candidata única ao posto, a confirmação deve ser anunciada após reunião do Comitê Olímpico da Rússia, entre os dias 10 e 11 de julho.

Apesar de não-oficial, a indicação chegou a ser confirmada pelo presidente da Federação Russa de Tênis, Shamil Tarpishchev, membro do Comitê Olímpico do país.

‘Chegamos a um acordo após a final de Roland Garros’, afirmou, nesta terça. O dirigente ainda comemorou o fato de Sharapova ser a terceira tenista a representar seu país na abertura dos Jogos. ‘Até onde sei, Roger Federer será o porta-bandeira da Suíça e Rafael Nadal, o da Espanha. É muito gratificante que a popularidade do tênis esteja crescendo ao redor do mundo’, completou.Vitaly Mutko, Ministro dos Esportes da Rússia, preferiu agir de maneira mais cautelosa, não confirmando a indicação da tenista.

‘Maria é uma atleta fora de série, mas atualmente ela é apenas uma candidata para o posto de porta-bandeira do país’, diz.

A indicação de Sharapova como porta-bandeira da Rússia deve ser confirmada entre os dias 10 e 11, quando o Comitê Olímpico russo se reúne para decidir, entre outros assuntos, quem representará o país na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

Em sua terceira participação nos Jogos, a número 1 do mundo vai em busca de sua primeira medalha olímpica. O torneio será disputado na grama de Wimbledon, onde foi campeã em 2004.