Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Camarão com cabeça’, D.Carvalho avisa: ‘Eu tenho qualidade’

A apresentação de Daniel Carvalho no Palmeiras foi cercada de um discurso recheado de confiança. Mesmo sem demonstrar nos últimos anos o futebol que o consagrou no Internacional, no CSKA, da Rússia, e na Seleção Brasileira sub-20, o jogador, de 28 anos, avisa que está no Verdão para retomar o auge.

‘Tomara que eu seja um camarão com cabeça’, brincou o jogador nesta terça-feira, ao ser questionado sobre o termo utilizado pela diretoria para exaltar o nível dos reforços de 2012. ‘Eu considero ter qualidade, acho que posso ajudar. Não sou um salvador da pátria, mas, se jogar o mesmo do fim do ano passado no Atlético-MG, acredito que serei uma boa contratação. Espero que a torcida goste’, emendou.

Os contatos entre Palmeiras e Daniel Carvalho foram iniciados no fim do ano passado. O Verdão intensificou as conversas com o Atlético-MG em função do interesse do volante Pierre em permanecer na capital mineira. Assim, foi efetuada uma troca.

Embora tenha ficado um ano e meio no Galo, Daniel Carvalho acredita que os fãs do Brasil ficaram com sua imagem do início de carreira, quando ainda atuava pelo Internacional e era visto como uma grande promessa. Mas ele revela que passou por transformações, principalmente na parte física, com o ganho acentuado de massa muscular na Rússia.

‘Não adianta as pessoas lembrarem do Daniel que atuou no Inter. Meu melhor momento foi na Rússia, onde ganhamos tudo (inclusive a Copa da Uefa de 2005). Eu saí do Brasil magrinho, fraquinho e mudei’, ponderou. ‘Mas confio em mim, sei que não desaprendi, tenho certeza que posso dar alegrias’, reiterou.

A experiência em grandes agremiações faz Daniel Carvalho praticamente ignorar o momento turbulento do Palmeiras e a pressão por títulos. Em nenhum momento, o meia pensou em rejeitar a oferta alviverde, fato que ocorreu com outros atletas sondados pela direção nas últimas semanas.

‘Não sei o que ocorreu, cada jogador tem o seu problema. O Palmeiras já havia me procurado antes. Eu considero um dos maiores clubes do Brasil, de grande projeção. Quero que o Palmeiras cresça e eu vá junto’, disse o atleta.