Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil x Argentina terá Messi e Pelé às 7h. Sem Globo e Neymar

CBF não entrou em acordo com a principal emissora do país e bancou transmissão própria para internet e canais educativos; Saiba como assistir

O clássico entre Brasil e Argentina desta sexta-feira ocorrerá em condições inusitadas: em Melbourne, na Austrália, às 7h (horário de Brasília) e sem Neymar nem Galvão Bueno. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não entrou em acordo com a Rede Globo e, numa medida inovadora, optou por montar sua própria estrutura de transmissão, com direito a comentários de Pelé. Quem quiser e puder assistir à partida pela manhã terá opções na TV e na internet.

Veja também

O jogo que marcará o primeiro encontro entre os técnicos Tite e Jorge Sampaoli será transmitido pelas emissoras TV Brasil e TV Cultura – ambas com vieses educativos em suas transmissões, que costumam dar traço na audiência. Em vez de vender a transmissão do jogo, a própria CBF comprou o espaço nas grades das emissoras, por valor irrisório, para mostrar as partidas. E também contratou nomes de peso para a transmissão, que será a mesma em todas as plataformas: Nivaldo Prieto (Fox Sports) será o narrador e terá como comentaristas o ex-jogador Denilson (Band), o ex-árbitro Rodrigo Cintra e Pelé.

As duas emissoras têm seus sinais exibidos em canais diferentes em cada Estado do Brasil. Alguns transmitem por meio de sinal próprio das emissoras, mas a maioria o faz na TV aberta por meio de retransmissão de TVs educativas estaduais – que não raro não conseguem ser sintonizadas fora das grandes metrópoles. Quem tem acesso à TV por assinatura terá menos dificuldade em sintonizar os canais.

Internet

Além dos canais públicos de TV, outra opção será a internet. A CBF TV vai transmitir a partida também no seu site e em sua página no Facebook, assim como o portal Uol. A operadora de celular Vivo, uma das patrocinadoras da seleção, permitirá que seus assinantes assistam ao confronto pelo aplicativo Vivo Futebol, que pode ser acessado por celular e tablet.

As imagens serão geradas pela CBF TV. Narrador e comentaristas ficarão em um estúdio na sede da CBF, no Rio. A transmissão dos jogos por conta própria funcionará como uma espécie de “piloto” para a CBF. A intenção é faturar mais com transmissões próprias e patrocínios.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. José Gonzaga da Silva

    Bosta pura……

    Curtir

  2. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Até que enfim não ouvir o chato do Galvão Bueno. Parabéns CBF.

    Curtir

  3. Helio Campbell Truci

    CBF tentando uma cartada bastante arriscada…

    Curtir

  4. Raphael Bernardino Macêdo

    A CPF está certíssima. Parabéns aos idealizadores.

    Curtir

  5. Vilma Batista

    Pelo menos assim a Globo para de colocar todos os jogos somente após suas novelas. Começa pela seleção e daqui a pouco o Brasileiro e os estaduais em horário em que trabalhadores que pegam cedo no batente possam ir aos estádios.

    Curtir