Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil sofre cesta de 3 no fim e perde a primeira no basquete masculino

Londres, 2 ago (EFE).- A partida na Arena de Basquete foi muito tensa, e a seleção brasileira conseguiu se colocar em vantagem após uma boa reação no último quarto, mas levou uma cesta de três pontos a seis segundos do fim e perdeu a invencibilidade nos Jogos Olímpicos de Londres, perdendo por 75 a 74 para a Rússia.

Com o resultado, a seleção chegou a cinco pontos e está em segundo lugar no grupo B, aguardando ainda o fim da rodada desta quinta. A Rússia lidera de forma isolada, com cinco. A reabilitação poderá vir no próximo sábado, contra a China, que venceu apenas um dos três jogos que disputou até agora.

O duelo foi nervoso desde o começo. Foram necessários mais de dois minutos e meio para que acontecesse a primeira cesta. Alex fez de três e colocou o Brasil em vantagem, marcando os primeiros pontos em um primeiro quarto em que a equipe de Rubén Magnano foi bem e venceu por 20 a 15.

No segundo período, no entanto, os brasileiros sofrerão um ‘apagão’ e levou a virada, indo para o intervalo perdendo por 40 a 32. Foram os dez minutos em que a equipe mais errou, mesmo com as tentativas de Magnano de mexer no quinteto e apostar em maior mobilidade.

O terceiro quarto foi o de maior equilíbrio, e a seleção brasileira diminuiu a diferença para seis pontos, perdendo por 59 a 53, graças a uma cesta de três pontos de Leandrinho a 16 segundos do fim.

A tensão foi ao ponto máximo nos dez minutos finais, em que as duas equipes cometeram erros importantes. Larry Taylor, por exemplo, errou dois lances livres. O Brasil encostava, mas Shved mantinha a Rússia viva com arremessos certeiros de três.

Uma bela bandeja de Marcelinho Huertas, discreto até então, colocou os comandados de Magnano em vantagem de dois pontos: 75 a 74. Mas um erro de Leandrinho na marcação permitiu que Fridzon chutasse da zona morta e garantisse o triunfo russo.

O ala Andrei Kirilenko foi o cestinha da partida, com 19 pontos. Pelo lado russo, o ala-armador Alexey Shved também se destacou, com 17 pontos e seis assistências. Entre os brasileiros, Leandrinho foi quem mais pontuou, marcando 16 pontos, e Nenê se destacou nos rebotes, ficando com dez. EFE