Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil avança com duas duplas no vôlei de praia na China

Por AE

Pequim – O Brasil tem duas duplas femininas garantidas nas oitavas de final do Grand Slam de Pequim do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Nesta quinta-feira, Juliana e Larissa conseguiram a classificação invictas, enquanto Talita e Maria Elisa suaram um pouco mais, perderam um jogo, mas também avançaram. Por outro lado, Taiana/Vivian e Ângela/Lili foram eliminadas na primeira rodada da segunda fase.

Hexacampeãs do Circuito Mundial, Juliana e Larissa já haviam vencido suas duas partidas iniciais na primeira fase e voltaram a triunfar nesta quinta. As vítimas foram as irmãs austríacas Doris e Stephanie Schwaiger, derrotadas em dois sets, com parciais de 21/15 e 21/17. Na próxima fase, as brasileiras enfrentam as australianas Cook e Hinchley.

Já Talita e Maria Elisa trilharam um caminho mais longo até as oitavas. Elas também haviam vencido as duas primeiras partidas, mas caíram diante das belgas Mouha e Gielen por 2 a 1 (21/19, 17/21 e 8/15). Precisando da vitória, elas enfrentaram Fendrick e Hanson e venceram por 2 sets a 0, com 26/24 e 21/12. Agora, elas enfrentarão as alemãs Holtwick e Semmler na briga por um lugar nas quartas.

MASCULINO – Também nesta quinta aconteceu o primeiro dia de disputa da chave principal masculina no Grand Slam chinês. E os brasileiros estrearam bem, vencendo sete das oito partidas que disputaram. Alison/Emanuel, Ricardo/Pedro Cunha e Benjamin/Bruno Schmidt garantiram-se na segunda fase de forma invicta, enquanto Márcio e Pedro Solberg perderam uma de suas duas partidas, mas seguem sonhando com a vaga.

Atuais campeões mundiais, Alison e Emanuel passaram pelos estonianos Jaani e Vesik por 2 a 0 (24/22 e 28/26), mesmo placar da vitória sobre os suíços Heyer e Chevallier (21/15 e 21/18). Ricardo e Pedro Cunha também venceram suas duas partidas por 2 a 0, diante de Heuscher/Bellaguarda, da Suíça (21/17 e 21/14), e Stiekema/Varenhorst, da Holanda (30/28 e 21/18).

Benjamin e Bruno Schmidt tiveram mais dificuldades e venceram os noruegueses Skarlund e Spinnangr (21/17, 16/21 e 15/12) e os cazaques Sidorenko e Dyachenko (23/21, 16/21 e 15/8) por 2 a 1. Já os lideres do ranking mundial Márcio e Pedro Solberg, superaram os austríacos Doppler e Horst por 2 a 1 (21/15, 19/21 e 15/12), na estreia. No entanto, eles perderam em seguida para Brink e Fuchs, da Alemanha, também por 2 a 1 (21/17, 15/21 e 12/15), e agora precisam bater os norte-americanos Gibb e Rosenthal.