Brandão faz gol do tri do Olympique na Copa da Liga francesa

O atacante brasileiro Brandão fez o gol que deu ao Olympique de Marselha seu terceiro título consecutivo na Copa da Liga francesa, ao marcar na prorrogação da vitória por 1 a 0 sobre o Lyon, na final disputada neste sábado no Stade de France.

Brandão, de 30 anos, começou a partida no banco de reservas, entrou aos sete minutos da prorrogação do jogo, que estava empatado sem gols, e balançou as redes sete minutos depois, com um chute entre as pernas do goleiro Lloris após uma falha do zagueiro Samuel Umtiti num cruzamento de Benoît Cheyrou.

O Lyon terminou a partida com um jogador a menos, com a expulsão do zagueiro croata Dejan Lovren nos acréscimos.

O brasileiro já tinha sido decisivo nas semifinais, ao fazer o gol da vitória por 2 a 1 do time de Marselha sobre o Nice, em fevereiro.

Ele também tinha sido o herói da classificação do Olympique para as quartas de final da Liga dos Campeões, ao marcar nos acréscimos na partida de volta das oitavas contra a Inter de Milão, em San Siro (os franceses perderam por 2 a 1, mas avançaram por ter vencido em casa por 1 a 0 na ida).

Brandão voltou ao clube de Marselha em janeiro, após ter sido emprestado para dois times brasileiros em 2011, o Cruzeiro e o Grêmio.

Em março daquele ano, ele foi acusado de ter estuprado uma mulher no seu carro na saída de uma casa noturna, mas acabou sendo solto sob controle judicial.

Ele se apresentou num tribunal da cidade de Aix-en-Provence em outubro e o caso continua em aberto.

Este tricampeonato na Copa da Liga francesa salvou a temporada do Olympique, que vinha de onze derrotas nas doze últimas doze partidas que disputou e ocupa apenas a nona posição do Campeonato Francês.

“Não é um alívio, mas é uma grande felicidade. Trabalhamos muito neste três anos e estes títulos tiveram todo o mérito dos jogadores, comentou o técnico do Olympique, Didier Deschamps, ao ser entrevistado pelo canal de televisão pública France 2.

“É maravilhoso vencer assim depois dos momentos difíceis que enfrentamos”, completou.

Com o título, o time do sul da França garantiu presença na próxima edição da Liga Europa.

O Lyon, que disputou quatro finais da Copa da Liga, levantou o troféu apenas uma vez, em 2001, na temporada que antecedeu os sete títulos consecutivos conquistados pelo clube no Campeonato Francês.

Antes da partida, o ex-atacante brasileiro Sonny Anderson, ídolo do Lyon, que era titular na final de 2001, recebeu uma homenagem no Stade de France, junto com o ganês Abedi Pelé, ex-craque do Olympique, pai dos irmãos André e Jordan Ayew, que jogam hoje no clube de Marselha.