Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Boxeador Chisora pede desculpas por briga com Haye

Por AE-AP

Londres – O boxeador Dereck Chisora pediu desculpas “sem reservas” pela briga que protagonizou com David Haye após a sua luta contra Vitali Klitschko, atual campeão dos pesos pesados do Conselho Mundial de Boxe no sábado. O britânico divulgou nesta segunda-feira um comunicado oficial em que diz que foi agredido com uma garrafa, mas assinalou que sua conduta “foi pouco profissional, com ou sem provocação”.

“Eu reconheço que minhas ações foram pouco profissionais, com ou sem provocação. Agora, com a cabeça fria e o benefício da retrospectiva, minhas ações no fim de semana foram lamentável para dizer o mínimo, e estou profundamente envergonhado”, disse.

Haye, por sua vez, acusou Chisora de instigar a briga. “Criou um grave distúrbio, algo que ameaçou estragar a reputação do esporte que ambos amamos”, disse o ex-boxeador, que declarou estar “profundamente decepcionado” por sua parte no incidente, mas não se desculpou.

A polícia alemã manteve Chisora detido durante sete horas no domingo antes de colocá-lo em liberdade pelo incidente ocorrido em Munique. Os policiais desejavam interrogar Haye por conta do incidente, mas ele deixou o país durante a manhã de segunda-feira.

Ele também pode ser punido pelo organismo gestor do boxe na Grã-Bretanha por conta da confusão. O Conselho de Controle do Boxe Britânico disse nesta segunda-feira que iniciou uma investigação sobre a conduta de Chisora antes, durante e depois da luta de sábado em Munique.

Chisora deu um tapa no rosto de Klitschko durante a pesagem na sexta-feira e cuspiu água no rosto do irmão do seu oponente, Vladimir, antes do combate. Mais tarde, trocou golpes com o ex-campeão Haye na coletiva de imprensa após a luta.