Botafogo pega Volta Redonda pela 2.ª vitória na Taça Rio

Por Tiago Rogero

Rio – O Botafogo não chegou a fazer uma Taça Guanabara brilhante, mas ainda assim terminou a fase de classificação como primeiro do seu grupo. Na semifinal, parou no Fluminense, campeão do primeiro turno, dias depois. Na Taça Rio (o segundo turno do Campeonato Carioca), o time começou com o pé direito: foi o único dos grandes a vencer. E quer manter o aproveitamento neste domingo, às 16 horas, contra o Volta Redonda, em São Januário.

Um show neste sábado fez com que o time alvinegro não pudesse jogar na sua casa, o Engenhão. O técnico Oswaldo de Oliveira, que teve desfalques para escalar a equipe que venceu o Americano por 4 a 2, na última quinta-feira, deve ganhar pelo menos um reforço. O atacante Loco Abreu, que entrou no segundo tempo do amistoso entre Uruguai e Romênia, empatado em 1 a 1, está confirmado entre os titulares.

Já o meia Maicosuel, que continua em tratamento, não deve jogar, mais uma vez. Assim, Fellype Gabriel vai fazer a sua segunda partida pelo time. Na estreia, marcou um dos gols contra o Americano. Elkeson é outro que dificilmente vai jogar. “O Elkeson e o Maicosuel são os titulares da equipe, já vêm há bastante tempo jogando e estavam em uma fase muito boa. Temos que aproveitar que eles estão fora para poder ajudar o Botafogo”, disse Fellype.

O meia, que estava no Japão antes de ser contratado pelo Botafogo, não se considera um titular. “Vou tentar procurar o meu espaço, respeitando os meus companheiros. E quem ganha com isso é o Botafogo, que vai ter um meio de campo forte”, afirmou.