Borges esquece Corinthians e mira triunfo diante do Vasco

Rival do Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro, o Santos tem a chance de ajudar um dos seus principais adversários na história quando enfrentar o Vasco, domingo, às 17 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro. Isto porque os cruz-maltinos brigam diretamente pelo título nacional com o Timão e, em caso de uma vitória do Peixe, os corintianos podem disparar na liderança do Brasileirão. Mas, para o atacante Borges, os santistas não devem se preocupar com a posição dos cariocas na tabela.

Segundo o centroavante, que está de volta à equipe, recuperado de uma lesão, o Alvinegro Praiano deve fazer a sua parte e procurar derrotar o Vasco, jogando dentro de casa. ‘Não temos que nos preocupar com isso. A gente não tem nada a ver com o Corinthians. Temos apenas que fazer o nosso trabalho. Somos atletas profissionais e temos a obrigação de jogar pela vitória em todas as partidas’, afirmou.

O assunto voltou a ser tema da entrevista coletiva do artilheiro da competição, logo em seguida, quando o humorista Wellington Muniz, o Ceará, interpretando ‘Pelé’, personagem do programa Pânico na TV, leu uma mensagem enviada por ‘Alfinete’, integrante do humorístico como torcedor-símbolo do Corinthians.

Descontraído, Borges agradeceu o ‘apoio’ dos corintianos e reiterou que o Santos vai entrar no gramado determinado a bater o Vasco. ‘Obrigado pela mensagem e um abraço para o ‘Alfinete’. Vamos procurar fazer a nossa parte. O Santos vai querer vencer. Agora, vocês (corintianos) precisam fazer a parte de vocês também’, comentou o atacante, destacando que o Timão visita o América-MG, também no domingo, no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG).

Após a resposta ao humorístico, em tom mais sério, o centroavante lembrou ainda que os santistas irão utilizar as últimas rodadas do Brasileirão como uma forma de se prepararem para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

‘Temos que preparar a nossa base para jogar o Mundial. Por isso, todo o jogo é importante para a gente. Queremos ganhar ritmo o mais rápido possível. Não só o Corinthians como as outras equipes que precisam de resultados em que nós vamos estar envolvidos, podem ficar tranquilos, pois vamos fazer o nosso papel. A parte deles não nos diz respeito. Porém eu posso garantir que vamos entrar em todas as partidas buscando a vitória’, encerrou Borges.

Corinthians e Vasco somam 58 pontos na tabela de classificação, só que o Timão leva vantagem nos critérios de desempate, afinal possui uma vitória a mais (17 a 16) que o seu principal concorrente na briga pelo título.