Bolt, sobre doping: ‘Só penso em correr. Tenho talento’

O jamaicano Usain Bolt negou nesta quinta-feira, em entrevista na véspera da etapa de Londres da Diamond League, a possibilidade de uso de substâncias ilegais em competições. “Se os jornalistas me seguem desde 2002, sabem que quebrei todos os recordes, em todos os níveis. Fui criado para inspirar as pessoas e para correr. Tenho talento e é isso que faço. Confio em mim e na minha equipe.”

Leia também:

Usain Bolt pode defender o Manchester United em amistoso

Usain Bolt é superado por Justin Gatlin nos 100m em Roma

Sobre os recentes casos de doping do americano Tyson Gay e dos jamaicanos Asafa Powell e Sherone Simpson, Bolt disse que a perda é para o esporte. “Sem dúvida é um pequeno retrocesso para o atletismo, mas não posso me concentrar nisso. Só penso em trabalhar duro e correr rápido.” Bolt disse que enviou mensagens de incentivo a Powell. “É surpreendente o que está acontecendo, ainda faltam muitos detalhes.”

Leia também:

Adidas suspende contrato do americano Tyson Gay

Tyson Gay é flagrado no doping e desiste do Mundial

(Com Estadão Conteúdo)