Blatter oficializa candidatura à presidência da Fifa – de novo

Cartola disse que sua "missão não terminou" e que vai montar uma "nova Fifa"

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, oficializou nesta quarta-feira, na cerimônia de encerramento do Congresso da entidade, realizado em São Paulo, mais uma candidatura à presidência da Fifa. “Sei que meu mandato termina em maio do ano que vem, mas minha missão não terminou. Juntos, construiremos a nova Fifa e estou pronto para acompanhá-los no futuro. Temos o orçamento para o período de 2014 a 2018, mas vocês é que decidirão se vou continuar”, disse, em seu discurso, para os membros da entidade.

Leia também:

Na festa da Fifa, conflitos e escândalo assombram Blatter

Sem Dilma e sob pressão, Fifa abre seu Congresso em SP

Às vésperas da Copa, a Fifa desistiu de agradar a todos

A eleição do novo presidente da Fifa será realizada em 29 de maio de 2015, em Zurique, na Suíça, na sede da entidade. Além de Blatter, apenas o francês Jérôme Champagne, ex-vice-secretário geral da Fifa, oficializou a candidatura. O atual presidente vem sofrendo com a pressão dos cartolas europeus, que não querem que ele concorra a mais um mandato na Fifa – Blatter comanda a entidade desde 1998 e havia prometido que não entraria na disputa novamente.

(Com agência AFP)