Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Blatter apresenta recurso contra suspensão na Fifa

Dirigente suíço contesta a decisão do Comitê de Ética que o afastou do futebol por 90 dias e quer retornar à presidência da entidade

O suíço Joseph Blatter recorreu da decisão do Comitê de Ética da Fifa de afastá-lo por três meses do cargo de presidente da entidade e espera reverter a decisão que o impede de ter qualquer relação com o futebol durante esse período. A informação foi divulgada pelo jornal The New York Times, que afirma ter obtido uma cópia do recurso, nesta sexta-feira. Blatter foi suspenso por 90 dias da entidade que preside porque está sendo investigado pelo Ministério Público suíço por suposta “gestão desleal” e “apropriação indevida” de recursos.

Leia também:

Banido, sul-coreano acusa Blatter de golpe e compara Fifa ao Titanic

Suspensões abalam eleição na Fifa e abrem espaço para Zico

Presidente do COI defende ‘candidato externo’ à sucessão de Blatter na Fifa

Nesta sexta-feira, Blatter questionou a decisão, alegando que o processo violou as próprias regras do Comitê de Ética da Fifa. Blatter quer agora ter acesso ao processo que o afastou e pede que seja ouvido pelos inspetores. Além dele, a Fifa afastou por 90 dias o secretário-geral Jérôme Valcke e o francês Michel Platini. Já o magnata sul-coreano Chung Mong-Joon, que pretendia concorrer com Platini ao posto de sucessor de Blatter, foi banido do futebol por seis anos.

A decisão abriu uma disputa política feroz em Zurique e aumentou ainda mais a indefinição sobre quem assumirá a entidade a partir do dia 26 de fevereiro de 2016, data da próxima eleição. No lugar de Blatter, assumiu Issa Hayatou, presidente da Confederação Africana de Futebol desde os anos 1980 e envolvido em outros escândalos de corrupção. Hayatou garantiu que manterá a data da próxima eleição e indicou que não será candidato. Fontes dentro da entidade afiram que, na prática, ele não tem poder algum e que a Fifa estaria sendo administrada por Domenico Scala, o suíço que conduz o processo de reforma na entidade.

(com Estadão Conteúdo)