Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Blanc admite que briga afetou preparação francesa

Por AE

Gdansk – O técnico da seleção francesa, Laurent Blanc, não escondeu a insatisfação com a briga entre os jogadores após a derrota por 2 a 0 diante da Suécia, na última terça-feira. O treinador admitiu que a confusão no vestiário influenciou no clima do grupo e afetou a preparação para as quartas de final da Eurocopa, diante da Espanha, neste sábado.

Blanc declarou que “foi preciso algum tempo para superar” o incidente, mas que “há prioridades com as quais precisamos lidar e elas são mais importantes até do que a preparação técnica para a partida”.

A derrota para a já eliminada Suécia não impediu a classificação para a segunda fase, mas foi muito lamentada pela forma como aconteceu. Mesmo atuando diante de um time já eliminado, os franceses foram amplamente dominados, o que irritou os jogadores mais experientes. A revolta gerou uma discussão, que se transformou em “algo mais acalorado”, com admitiu o próprio Blanc.

O próprio treinador admitiu ter ficado decepcionado com a atuação da equipe e confirmou que “provavelmente” fará alterações para enfrentar a Espanha. Ele já havia apontado a seleção adversária como favorita para o confronto e voltou a exaltar a qualidade técnica espanhola.

“Gosto muito do estilo de jogo da Espanha. Já a vi jogar como torcedor e gosto muitíssimo de seu futebol. Ver a Espanha jogar é excelente e por isso eles dominam o futebol europeu. Possuem grandes jogadores, jogam muito bem e as críticas que são feitas a eles não são muito justas”, comentou.

Para superar os espanhóis, Blanc já admite atuar de forma um pouco mais defensiva e descarta armar sua equipe em busca de ter a mesma posse de bola do adversário. “Precisamos nos adaptar ao rival, mas isso não significa deixar de lado nossas próprias virtudes, nem nosso sistema. Sabemos que eles vão controlar a bola e será muito difícil roubá-la. Devemos jogar concentrados, defender bem e criar oportunidade para ganhar”, avaliou.