Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bia Haddad garante vaga na chave principal de Roland Garros

Tenista de 20 anos superou a fase classificatória com vitória sobre a suíça Jil Teichmann e fará sua primeira participação em um Grand Slam

Beatriz Haddad Maia jogará o Roland Garros 2017. A tenista paulista de 20 anos conseguiu nesta sexta-feira o acesso à chave principal do Grand Slam de Paris ao vencer na fase classificatória a suíça Jil Belen Teichmann, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (8/6).

Antes do confronto com Teichmann, Bia Haddad já havia somado duas vitórias no torneio classificatório para Roland Garros, sobre a espanhola Silvia Soler e a croata Jana Fett, ambas em partidas também definidas em dois sets. E agora esse último triunfo a classificou para a chave principal do evento parisiense sem perder sequer uma parcial no classificatório.

Este será o primeiro Grand Slam da carreira de Bia Haddad, que completará 21 anos no próximo dia 30. Qualquer que seja seu resultado na chave principal, a campanha na fase classificatória lhe renderá uma grande ascensão, de cerca de 30 posições, no ranking da WTA – atualmente é a 101ª colocada. Com isso, a brasileira terá grande chance de participar do Grand Slam seguinte, Wimbledon, sem precisar participar da fase classificatória.

A classificação para Roland Garros confirma o bom momento de Bia Haddad. Recentemente, ela faturou o título do ITF de Cagnes-sur-Mer, na França, além de ter avançado às quartas de final do Torneio de Praga. Sua adversária na primeira fase de Roland Garros ainda não foi definida.

Além de Bia Haddad na chave feminina, o Brasil terá três representantes no torneio masculino de Roland Garros. Thomaz Bellucci estreará contra o sérvio Dusan Lajovic, Thiago Monteiro enfrentará o convidado francês Alexander Muller e Rogério Dutra Silva terá pela frente o russo Mikhail Youzhny.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. A bem da verdade, ela não subirá 30 posições no ranking com esta campanha no qualifying de Roland Garros mas, sim, ganhará 30 pontos no ranking da WTA que, infelizmente, não serão suficientes para fazê-la subir tanto assim…

    Curtir