Bia Haddad festeja 21 anos: ‘Posso jogar contra qualquer uma’

Apesar da eliminação em Roland Garros, tenista brasileira celebrou melhor fase da carreira e disse seguir "positiva e confiante"

Bia Haddad Maia tem motivos de sobra para comemorar. A tenista número 1 do Brasil completa 21 anos nesta terça-feira e já se vê na elite do tênis feminino mundial. Apesar da derrota na estreia da chave principal de Roland Garros par a russa Elena Vesnina, 15ª colocada do ranking da WTA, Bia Haddad se disse satisfeita com seu desempenho em Paris e confiante para o restante da temporada.

Depois de vencer três adversárias na fase classificatória, Bia Haddad jogou bem, mas foi superada pela experiente Vesnina por 2 sets a 1 (6/2, 3/6 e 6/4). Ela, no entanto, ressaltou o fato de estar atuando de igual para igual com as melhores do mundo. “Sigo positiva e confiante que estou no caminho certo. Venho jogando em bom nível e acredito que hoje posso jogar contra qualquer menina do circuito”, afirmou na noite de segunda-feira, em coletiva.

Bia admitiu certo nervosismo em sua primeira experiência em um Grand Slam e elogiou a intensidade do jogo de Vesnina, de 30 anos. “Eu sabia que ia ser duro, não à toa ela é 15 do mundo. É uma menina muito agressiva o tempo inteiro, vai te colocando pressão (…) Hoje entrei um pouco mais nervosa, mais dura, não me mexi tão bem no começo, até pegar o timing da devolução. Ela saca bem e estava devolvendo muito bem, foi difícil entrar no jogo.”

Atual número 101 do mundo, Bia deve ganhar cerca de 30 posições após seu bom desempenho na fase classificatória de Roland Garros e, com isso, garantir uma vaga no próximo Grand Slam, Wimbledon, sem precisar passar pela fase classificatória.

(com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. hildo molina

    eu tambem posso jogar contra qualquer um, mas, perco todas.

    Curtir