Bia Haddad é confirmada na chave principal de Wimbledon

De volta após suspensão por doping, Sharapova jogará fase classificatória. Chave masculina terá Bellucci, Thiago Monteiro e Rogério Dutra Silva

O Brasil terá quatro tenistas nas chaves de simples de Wimbledon, no próximo mês. A organização do Grand Slam britânico confirmou nesta sexta-feira que Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Rogério Dutra Silva, na chave masculina, e Bia Haddad Maia, na feminina, vão entrar direto na chave principal. O torneio também confirmou a russa Maria Sharapova, de volta após suspensão por doping, na fase classificatória.

A maior expectativa era quanto à participação de Bia Haddad, que entrou perto do limite de corte na lista de entrada. Atual 101º do mundo, a atleta paulista de 21 anos poderia perder a vaga por conta de tenistas com ranking protegido, o que não aconteceu. Seis tenistas abaixo da posição da brasileira na WTA ainda entraram na chave principal.

Monteiro também correu risco. O brasileiro, que chegou a figurar em 74º do ranking em fevereiro, perdeu posições nos últimos meses e caiu para 95º. Por essa razão, quase ficou de fora da lista. Somente três tenistas ficaram abaixo dele na relação de entrada direta na chave.

Desta forma, o Brasil terá em Wimbledon o mesmo número de representantes que teve em Roland Garros. Novamente, Monteiro e Bia serão os estreantes na chave principal. Os dois, que são namorados, só haviam competido na fase classificatória na grama de Londres. Bellucci e Rogerinho já tem maior experiência. O primeiro já chegou à terceira rodada e o segundo nunca passou da estreia.

A lista de duplas e duplas mistas ainda não foi divulgada, mas o Brasil deve contar novamente com Bruno Soares, Marcelo Melo, Marcelo Demoliner, especialistas em duplas, e Bellucci e Rogerinho atuando também nesta chave. Em Paris, Soares jogou ainda na chave mista.

Sharapova – Ausente em Roland Garros, por não receber convite nem mesmo para o qualifying, a tenista russa conseguiu entrar na chave classificatória em Wimbledon sem precisar do chamado “wild card”. Ocupando a 178ª posição no ranking, ela já somou pontos suficientes nos últimos meses para entrar no “quali” em Londres.

Ela foi admitida na lista na posição 65 entre 88 tenistas. Assim, Sharapova precisará vencer três jogos nesta fase para entrar na chave principal do Grand Slam britânico vencido por ela em 2004. Nenhuma brasileira foi incluída nesta lista do qualifying.

(com Estadão Conteúdo)