Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bayern e Borussia fazem final marcada por rivalidade e sentimento de revanche

Berlim, 11 mai (EFE).- A final da Copa da Alemanha, que será disputada neste sábado entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique, no Estádio Olímpico de Berlim, vai reunir as duas equipes mais fortes do futebol do país na atualidade e que também nutrem grande rivalidade, e por isso é um dos jogos mais esperados da temporada alemã.

O Dortmund venceu as quatro últimas partidas contra o Bayern, conquistou nesta temporada seu segundo título consecutivo do Campeonato Alemão e agora quer somá-lo ao da Copa, em uma mesma temporada, pela primeira vez em sua história.

O Bayern, por sua vez, está sedento por uma revanche e quer evitar a perda da soberania no futebol alemão. Uma vitória na Copa e a conquista da Liga dos Campeões mostrariam que o time bávaro ainda reina soberano no país.

‘Mais do que uma final’, disse a revista ‘Kicker’ em sua edição anterior ao duelo deste sábado. O ex-jogador Lothar Matthäus, que fez história pelo Bayern, afirma que a partida é um confronto entre ‘os melhores jogadores contra a melhor equipe’, citando o Dortmund por esta última qualidade.

Já o goleiro Manuel Neuer e os meias Franck Ribery e Arjen Robben são responsáveis por dar peso ao elenco da equipe de Munique e torná-la mais forte na comparação nome a nome.

‘Pessoalmente, estou obsessivo por esta final, quero vencer a Copa’, disse o técnico do Bayern, Jupp Heynckes.

Já Ribery citou um sentimento de vingança pelas derrotas seguidas por seu time para o Dortmund. ‘Estamos com raiva, temos que quebrar esta série’, declarou.

O Dortmund chega à partida com mais tranquilidade e o treinador, Jürgen Klopp, fez até uma piada ao dizer que levará ao estádio o troféu do Campeonato Alemão para ter algo nas mãos quando terminar a final.

Na decisão, provavelmente os detalhes decidirão o jogo. E segundo muitos jogadores, o temperamento em campo pode ser o fator mais importante.

‘A equipe mais faminta, quem tiver mais vontade de conquistar a Copa ficará com a taça no fim do jogo’, disse o meia Ilkay Gündogan, do Dortmund.

Ao que tudo indica, o Borussia repetirá a formação das últimas rodadas, deixando Mario Götze, recém recuperado de uma lesão, no banco. E a escalação do Bayern deve ser a mesma das partidas contra o Real Madrid pela Liga dos Campeões.

Uma das mudanças no Bayern de Munique pode ser a entrada do volante brasileiro Luiz Gustavo no lugar do meia-atacante Thomas Müller.

Prováveis escalações:.

Borussia Dortmund: Weidenfeller; Piszczek, Subotic, Hummels e Schmelzer; Gündogan, Kehl, Blaszczykowski e Grosskreutz; Kagawa e Lewandowski. Técnico: Jürgen Klopp.

Bayern de Munique: Neuer; Lahm, Boateng, Badstuber e Alaba; Kroos, Schweinsteiger, Robben, Müller e Ribery; Mario Gómez. Técnico: Jupp Heynckes.

Árbitro: Peter Gagelmann. EFE