Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barcos refuta contar teor de conversa pré-treino: ‘Fica no grupo’

O ar cinzento do céu paulistano serviu de cenário para um clima, pela primeira vez no ano, um pouco menos alegre na Academia de Futebol. Com três derrotas acumuladas nos últimos quatro jogos, os palmeirenses tiveram uma conversa de uma hora antes do treino como técnico Luiz Felipe Scolari e o restante da comissão, e ainda aguentaram uma forte chuva quando foram para o gramado.

Depois de finalizar os trabalhos na academia, o atacante Barcos rumou para a sala de coletiva e mostrou o ar sério de sempre, com algumas risadas para responder às perguntas mais incisivas. Quanto ao papo antes da atividade, porém, não falou uma palavra.

‘São coisas que ficam dentro do grupo, não temos que ficar falando. É algo pessoal do treinador e acho que, se ele quis falar a portas fechadas conosco, não devemos sair por aí e dizer o que foi conversado. Tenho que respeitá-lo’, declarou.

Quanto ao ambiente dentre os alviverdes, o centroavante garantiu que nada mudou em relação às brincadeiras e à amizade com os companheiros.

‘O ambiente no grupo é o mesmo, nada mudou. Logicamente sabemos que temos de mudar algo para melhorar das derrotas. Tem pessoas querendo colocar problemas no grupo, só que não tem nada. O segredo é pegar o que falam de bom e descartar o que há de ruim’, comentou.

Quanto à lesão do meio-campista Wesley, o argentino desejou uma melhora rápida. ‘Ficamos muito tristes, como ficaríamos se isso acontecesse com qualquer companheiro. Agora é torcer para que ele se recupere e possa voltar o mais rápido possível’, encerrou.