Barcelona, Milan e Arsenal vencem a primeira na ‘Champions’

Os gigantes do futebol europeu Barcelona, Milan e Arsenal conseguiram sua primeira vitória na Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, pela segunda rodada da fase de grupos do torneio.

O Arsenal, que teve um dois piores inícios de temporada dos últimos anos, mostrou sinais de recuperação ao derrotar o Olympiakos, da Grécia, por 2 a 1, com um gol do brasileiro André Santos.

Os ‘Gunners’ estão em segundo lugar no Grupo F, com quatro pontos, dois a menos que o Olympique de Marselha, que manteve 100% de aproveitamento na competição ao golear por 3 a 0 o Borussia Dortmund, atual campeão alemão.

Outro brasileiro balançou as redes nesta quarta-feira, o meia Jadson, que fez o único gol do Shakhtar Donesk, da Ucrânia, que tropeçou em casa ao empatar em 1 a 1 com a zebra APOEL Nicósia.

O jogador, presente nas últimas convocações do técnico Mano Menezes para a seleção, fez o gol de empate ao receber um ótimo cruzamento do compatriota Willian, formado nas categorias de base do Corinthians.

Com este resultado, o APOEL Nicósia, que derrotou o Zenit de São Petersburgo na primeira rodada, voltou a surpreender, ao assumir a liderança do Grupo G, com quatro pontos, um a mais que os russos, que derrotaram o Porto, atual campeão da Liga Europa, pelo placar de 3 a 1.

Já o Barcelona, que decepcionou ao empatar em casa diante do Milan na primeira rodada, voltou a dar show, em mais uma noite inspirada do seu craque argentino Lionel Messi.

‘La Pulga’ balançou as redes duas vezes na goleada por 5 a 0 do time catalão na casa dos bielorussos do BATE Borisov.

O argentino soma 196 gols pelo Barça, alcançando a marca do lendário atacante húngaro Ladislao Kubala, segundo maior artilheiro da história do time catalão, ídolo dos anos 50, que tem sua estátua na entrada do Camp Nou.

O recordista absoluto é o espanhol César Rodriguez, que fez 235 gols nas décadas de 40 e 50.

Nesta partida, dois brasileiros também se destacaram ao iniciar as jogadas dos dois últimos gols do Barça.

Aos 10 do segundo tempo, Daniel Alves invadiu a área e recuou a bola para o segundo gol de Messi. Nos acréscimos, Thiago Alcântara, filho do tetracampeão Mazinho, roubou uma bola ainda no campo do adversário e deixou o atacante David Villa na cara do gol.

Na outra partida do Grupo H, o Milan sofreu para derrotar por 2 a 0 o Viktoria Pilsen da República Tcheca, que segurou o 0 a 0 até os 8 do segundo tempo, quando o sueco Zlatan Ibrahimovic abriu o placar de pênalti. Treze minutos depois, Antonio Cassano garantiu a vitória dos italianos.

No Grupo E, o Chelsea assumiu a ponta ao empatar por 1 a 1 na casa do Valencia. Franck Lampard abriu o placar para os ingleses aos 11 do segundo tempo, mas Roberto Soldado deixou tudo igual aos 41 numa cobrança de pênalti.

Na outra partida da chave, o Bayer Leverkusen garantiu o segundo lugar ao superar os belgas do Genk por 2 a 0, com um gol do veterano Michael Ballack.