Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Balotelli visita Cristiano no duelo mais esperado desta terça

Português pode bater recorde de gols no clássico entre Real Madrid e Liverpool

Os jogos desta terça

Grupo A

Juventus x Olympiacos, em Turim

Malmö x Atlético de Madrid, em Malmö

Grupo B

Real Madrid x Liverpool, em Madri

Basel x Ludogorets, na Basileia

Grupo C

Benfica x Monaco, em Lisboa

Zenit x Bayer, em São Petersburgo

Grupo D

Arsenal x Anderlecht, em Londres

Borussia x Galatasaray, em Dortmund

O reencontro entre dois dos principais vencedores da Liga dos Campeões é o grande destaque do início do returno da fase de grupos do torneio, nesta terça-feira. Depois de vencer por 3 a 0 na Inglaterra, no último dia 22, o Real Madrid agora recebe o Liverpool no Estádio Santiago Bernabéu, às 17h45 (de Brasília). Os espanhóis lideram o Grupo B, com nove pontos. Liverpool, Ludogorets e Basel estão empatados com três pontos cada. No Real, a novidade nesta terça é a volta do galês Gareth Bale, recuperado de contusão. “Ele está bem e pronto para jogar. Minha dúvida é se o coloco desde o começo”, disse o técnico Carlo Ancelotti. Vindo de onze vitórias consecutivas, o Real está mais do que confiante. “Tenho uma equipe muito séria e profissional. É difícil encontrar algum erro que o time tenha cometido nos últimos jogos. Mas enfrentaremos um adversário que é historicamente muito bom. Vamos manter a mesma atitude sempre.” No Liverpool, o problema é a escassez de gols: o time não balançou as redes nas últimas duas partidas. Como de costume, os holofotes estarão sobre Cristiano Ronaldo, que pode bater o recorde histórico de gols na competição (ele tem 70 e Raúl, o atual recordista, tem 71), e Mario Balotelli, pressionado depois de algumas atuações decepcionantes na Inglaterra. No outro jogo da chave, o suíço Basel recebe o Ludogorets, da Bulgária, no Jakob-Park, na Basileia.

Leia também:

Jogadores se irritaram com técnico do Barcelona, diz jornal

Marcelo é criticado por rival por comemorar gol com pirueta

Grupo A – Tentando se manter viva na competição, a Juventus recebe o Olympiacos em Turim. O clube grego e o Atlético de Madrid lideram, com seis pontos. A equipe italiana e o Malmö têm três. Apesar da boa campanha no Campeonato Italiano, onde é líder, a situação da Juve na competição europeia é delicada. Com apenas uma vitória em três jogos – e uma derrota para gregos na última rodada -, o time do técnico Massimiliano Allegri precisa dos três pontos. “Será um importante teste para nós. É um jogo em que vencer é obrigatório”, afirmou o treinador. Também pelo Grupo A, o Atlético de Madrid, atual vice-campeão do torneio, visita o Malmö, na Suécia, pensando em dar mais um passo rumo à classificação. Apesar da pouca tradição, o Malmö venceu o Olympiacos em casa e, em caso de vitória, continua com chances de seguir à próxima fase numa chave em que a briga deverá se estender até a rodada final.

Grupo D – Com 100% de aproveitamento e nove pontos somados até aqui, o Borussia Dortmund recebe o Galatasaray no Signal Iduna Park. Os alemães têm chance de conquistar uma vaga antecipada para as oitavas de final mesmo em caso de empate. Os turcos, por sua vez, aparecem na última posição, com só um ponto. Vindo de derrota para o rival Bayern de Munique no Campeonato Alemão, a equipe de Dortmund enfrenta uma péssima temporada na liga nacional. Por isso, a equipe joga todas as suas fichas na competição europeia. O técnico Jurgen Klopp não poderá contar com Sahin e Hummels, machucados. O Galatasaray, que ainda não venceu na Liga dos Campeões deste ano, quer reagir fora de casa. “Enfrentaremos uma das equipes mais fortes da Europa. Precisamos ser agressivos e focados para conseguir um bom resultado”, disse o técnico italiano do clube turco, Cesare Prandelli. O outro duelo do grupo é entre Arsenal e Anderlecht, em Londres. Na vice-liderança, com seis pontos, os ingleses vêm de duas vitórias na competição, sobre Galatasaray e o próprio Anderlecht.

Grupo C – Com a corda no pescoço, o Benfica recebe o Monaco no Estádio da Luz com apenas um ponto conquistado nos três jogos anteriores. Como estão a quatro pontos do próprio Monaco, uma derrota pode significar a eliminação do clube português, que já foi campeão europeu em duas oportunidades. Para evitar a queda precoce, o Benfica deverá ter duas novidades para a partida contra a equipe francesa. Gaitán e Jardel, que estavam machucados, podem reforçar a equipe liderada pelo brasileiro Luisão, zagueiro veterano que teve seu contrato renovado até junho de 2017. O Monaco, do técnico português Leonardo Jardim, nunca derrotou o Benfica em Lisboa, mas desembarcou no país dizendo que “há sempre uma primeira vez para tudo”. Um pouco mais cedo, às 15 horas, o Zenit recebe o Bayer Leverkusen e pode entrar na zona de classificação para a segunda fase. Na ponta da tabela, a equipe alemã fica muito próxima da vaga se conquistar o resultado positivo fora de casa. A partida é a única que acontece fora da faixa das 17h45 por causa do fuso horário russo.

(Com agência Gazeta Press)