Aviões com jogadores farão escala em Manaus antes de seguir a SC

Força Aérea colombiana ofereceu carreata fúnebre para homenagear vítimas do acidente aéreo

Os aviões Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizados para trasladar os corpos dos jogadores da Chapecoense e dos jornalistas que atuavam em Santa Catarina deixarão a cidade de Medellín, na Colômbia, por volta das quatro horas da tarde de sexta-feira. Autoridades diplomáticas brasileiras informaram que as aeronaves farão uma escala para abastecimento em Manaus cerca de quatro horas depois de deixar a Colômbia e, na sequência, seguem direto até Chapecó em um trajeto de aproximadamente seis horas de viagem. O mais recente cronograma do governo prevê que os corpos dos atletas da Chape, equipe que disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, cheguem ao destino final na madrugada de sábado, por volta das quatro horas da manhã.

A Força Aérea colombiana ofereceu uma carreata fúnebre para homenagear as vítimas fatais do acidente com o voo da LaMia.

Familiares dos atletas que decidiram acompanhar a liberação dos corpos direto da Colômbia estão hospedados em casas de voluntários e em hotéis providenciados pela prefeitura local. “As investigações são importantíssimas porque podem evitar que acidentes ocorram no futuro, mas neste momento para o governo brasileiro a grande prioridade são o transporte das corpos para o Brasil e o acompanhamento da situação dos feridos que estão aqui”, disse o embaixador do Brasil na Colômbia, Julio Bitelli.