Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Autoridades da Rússia admitem esquema de doping no país

Declaração inédita de uma das chefes da agência nacional anti-doping corrobora com as denúncias sobre uma das maiores conspirações da história do esporte

Pela primeira vez os responsáveis pelo amplo esquema de corrupção em amostras de doping na Rússia admitem a culpa por uma das maiores conspirações da história do esporte, que encobertou o uso de substâncias ilícitas de mais de mil atletas do país. A diretora geral da agência nacional de doping da Rússia, Anna Antseliovich, disse ao jornal The New York Times (NYT) que houve uma “conspiração institucional”.

Investigações apontaram um doping de Estado, isto é, conduzido com a ajuda do governo russo, do serviço secreto do país, bem como das federações e dos atletas, num esquema para melhorar a performance e garantir medalhas. A apuração levou mais de um terço da equipe russa a ser excluída dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro – o Comitê Olímpico Internacional (COI) optou por manter o país no evento, alegando que não poderia haver uma punição coletiva.

Apesar do reconhecimento, as autoridades russas optam por preservar o presidente Vladimir Putin, insistindo que ele não pode ser responsabilizado. Segundo Antseliovich, os altos membros do governo não sabiam do esquema, contradizendo a denúncia da Agência Mundial Antidoping (a Wada, na sigla em inglês). Além da denúncia da Wada, alguns atletas que delataram o esquema também insistem que o governo sabia de toda a movimentação ilegal dos casos de doping.

Veja também

Vitaly Smirnov, ex-ministro dos Esportes e contratado neste ano por Putin para reformar o sistema anti-doping da Rússia, também isentou o presidente das acusações, mas admitiu ao NYT que o governo e as autoridades russas da agência anti-doping cometeram “muitos erros”.

Apesar de admitir o esquema, os russos insistem que o doping não é um problema global e é acobertado por outras potências do esporte. Para os russos, porém, a Rússia não é tratada da mesma forma pelas entidades internacionais. “O sentimento é de que não tivemos a oportunidade de nos defender”, disse o ex-ministro Smirnov.

Para outras autoridades russas, o mesmo esquema feito pela Rússia pode ter sido realizado por outros países nos Jogos de Londres-2012 e Pequim-2008, além de em outras competições. “É o sistema que está falido”, alertou Victor Berezov, advogado do Comitê Olímpico Russo.

O maior escândalo de doping no esporte de todos os tempos

Reforma

Com um time de cerca de 20 pessoas, a Rússia está tentando reformar o sistema de controle de doping. Os russos tentam limpar o nome sujo pelo grande esquema para garantirem menos prejuízos. Eventos de algumas modalidades que seriam sediados no país já foram cancelados para 2017 e patrocinadores temem pela Copa de 2018, também na Rússia.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Fábio Luís Inaimo

    PuTrin=PT; Mentir sempre e continuadamente.

    Curtir

  2. Fábio Luís Inaimo

    PuTrin=PT; Descoberto o “esquema”, dizer que todos os outros também fazem.

    Curtir

  3. Fábio Luís Inaimo

    PuTrin=PT; O chefão nunca sabe de nada.

    Curtir

  4. Fábio Luís Inaimo

    PuTrin e PT, tudo a ver !!

    Curtir

  5. Napoleao Gomes

    Para um povo que come carne de criancinhas, doping é sobremesa! Tudo na Rússia é doping, vodka e assassinatos!

    Curtir

  6. Paulo Bandarra

    Putin declara que não sabia de nada. Que foi traído.

    Curtir

  7. Doping na Russia? eu não acredito! isso é intriga da oposição!

    Curtir

  8. Lucas Barbosa de Souza

    Só agora é que admitem, bando de trapaceiros?

    Curtir