Autor da assistência, Henrique Miranda agradece Luis Fabiano

No último minuto do jogo-treino contra o Audax São Paulo no CCT da Barra Funda, Henrique Miranda arrancou pela esquerda e driblou três adversários antes de dar a Luis Fabiano sua única chance clara na atividade. Dentro da área, o atacante driblou o goleiro e fez o gol. E o lateral esquerdo, competitivo, só agradeceu: o astro evitou a derrota.

‘Não salvei ninguém, ele que salvou’, sorriu o jogador de 18 anos, lembrando que o antigo Pão de Açúcar vencia por 1 a 0 até ele encontrar o camisa 9 dentro da área com somente o goleiro adversário como oponente.’Tive tranquilidade ali na hora do lance, estava com gás ainda e consegui dar o passe para o Luis marcar. Estou ali para ajudar’, continuou Henrique Miranda, que já havia se esforçado minutos antes, quando evitou que um passe bizarro de Luiz Eduardo saísse pela lateral.

O empenho principalmente nos treinamentos, entretanto, já serviram para colocar o lateral na Seleção Brasileira sub-20 que disputará os Jogos Pan-americanos no próximo mês, em Guadalajara, no México. Chance que aparecer mesmo com poucas oportunidades como titular e até entrando durante os jogos entre os profissionais.

‘É um sonho representar o Brasil e estou realizando. Espero fazer o meu melhor lá no México para poder voltar com esta medalha de ouro’, comentou o camisa 38 do Tricolor, que deixará o time sem reservas para o caso de Juan ser vetado por contusão ou suspensão durante todo o mês de outubro no Brasileiro ou na Sul-americana.