Atlético-MG encara Tupi para sacramentar a liderança do Mineiro

O Atlético-MG já tem vaga garantida nas semifinais do Campeonato Mineiro, mas a liderança do Estadual ainda não está garantida. Para consolidar a primeira colocação, o time atleticano precisa pelo menos empatar contra o Tupi, para não depender de outros resultados. O duelo entre o Galo da capital e o Galo Carijó, acontece neste domingo, às 16h, no estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora.

Para essa partida, o técnico Cuca terá problemas para montar equipe, que sofre com lesões e com atletas suspensos. O treinador alvinegro aguarda uma posição do departamento médico sobre a condição dos volantes Serginho e Leandro Donizete e do armador argentino Escudero, que ainda se recuperam de lesões.

Além das contusões, Cuca ainda não poderá contar com o lateral direito Marcos Rocha e com o volante Pierre, que terão que cumprir suspensão. Diante de tantos problemas, o treinador atleticano, chegou a dizer que se tivesse a certeza de vitória contra o Tupi, que iria poupar o time do Galo, mas como não é caso espera contar com o que tiver de melhor no jogo.

‘Se eu soubesse que não passaria nenhum sufoco eu pouparia o time inteiro. Mas não posso e o que resta é preparar o grupo para atuar no difícil jogo deste domingo. Ainda espero a recuperação do Serginho ou do Leandro Donizete porque conto com eles. Já o Carlos César entrou contra o Penarol-AM, no que a gente entende para dar continuidade ao trabalho que o Marcos Rocha vem fazendo’, disse.

Se para o Atlético-MG, o jogo é encarado com muita seriedade e importância, do lado do Tupi, a partida é considerada como uma verdadeira final e vale o título de Campeão Mineiro do Interior para o Carijó. A equipe de Juiz de Fora ocupa a quarta colocação com 16 pontos, e dificilmente ficará fora das semifinais do Estadual, precisando somente de um empate para não depender de nenhum resultado.

Mesmo com derrota, o Tupi garante a vaga, se o Nacional não vencer o Villa Nova e tirar o saldo de gols que é amplamente favorável ao Carijó. Para se ter uma ideia, se o Tupi perder por 1 a 0, o time de Nova Serrana precisaria de superar o Leão do Bonfim por 6 a 0 para ficar com a vaga na sequência do Mineiro.

Se sacramentar a classificação, a torcida de Juiz Fora vai comemorar o quarto título do interior. O Tupi já levantou a taça em 1985, 2003 e 2008. ‘Vamos fazer o possível para garantir a classificação para as semifinais e o título do Interior para coroar a nossa boa campanha no Campeonato Mineiro’, disse o atacante Allan.

O jogo deste domingo pode ser o primeiro de uma sequência de três partidas entre Atlético-MG e Tupi, isso porque, são grandes as chances das duas equipes se cruzarem na semifinal do Estadual. O Carijó só pode classificar em quarto lugar, já que não é mais possível alcançar o América-MG, terceiro colocado, e o Galo da capital é o favorito para terminar na liderança a fase de classificação.

FICHA TÉCNICA

TUPI X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)

Data: 15 de abril de 2012 (domingo)

Horário: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG) e Celso Luiz da Silva (CBF/FMF)

TUPI: Rodrigo; Flávio, Silvio, Wesley Ladeira e Ulisses; Jailton, Paulinho, Léo Salino e Henrique; Ademilson e Allan

Técnico: Moacir Júnior

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Carlos César, Rafael Marques, Luiz Eduardo e Richarlyson; Fellipe Soutto, Réver, Danilinho e Bernard; Guilherme e André

Técnico: Cuca