Argentina projeta retorno de Messi: contra o Brasil

Técnico Edgardo Bauza volta a criticar Barcelona por "não cuidar" de seu craque, mas planeja retorno para rodada de novembro das Eliminatórias

A seleção argentina não terá Lionel Messi nas próximas partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, contra Peru e Paraguai, mas já projeta o retorno de seu principal jogador: justamente diante do Brasil, no dia 10 de novembro, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 11ª rodada.

Na semana passada, Messi sofreu uma lesão muscular na perna direita durante partida do Barcelona contra o Atlético de Madri. O técnico da seleção argentina Edgardo Bauza fez críticas ao Barcelona por “não cuidar” de seu craque, mas acredita que Messi estará de volta rapidamente.

Leia também:
Tite: ‘Não via os jogos da seleção, isso me machucava’
Tite convoca Wendell e Rafael Carioca para a seleção

Messi tem pé beijado e ressalta carinho da torcida em retorno à seleção

“Eu acredito que contra Brasil e Colômbia vamos poder contar com ele. Messi está consciente do que tem e a dor até agora tem sido bastante administrável, espero que não aumente e que não o impeça de se mover com facilidade. Conhecendo a lesão, acredito que em 10 dias estará treinando”, disse o ex-treinador do São Paulo durante lançamento de um livro sobre sua carreira, em Buenos Aires.

Bauza afirmou que a lesão muscular é reflexo de uma pubalgia crônica que Messi precisa tratar. “Poucos conhecem essa lesão como eu. Quando era jogador, sofri quatro anos com isso, sei o quanto é difícil. Houve vezes em que meus companheiros tiveram que me ajudar a subir escadas”, contou “Patón” Bauza. “Messi quer jogar sempre, não quer parar nunca, mas é preciso descansar”.

Sem medo de represálias, Bauza voltou a criticar o Barcelona por escalar Messi em praticamente todas as partidas do ano. “Vou seguir dizendo o que penso. Não sou dono da verdade, é apenas minha opinião. Não quis ofender ninguém, mantenho minha opinião: o Barcelona deve cuidar dele.”