Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Argelino apita decisão do terceiro lugar em Brasília

Partida entre Brasil e Holanda será a quarta nesta Copa de Djamel Haimoudi

O árbitro argelino Djamel Haimoudi foi escolhido nesta quinta-feira pela Fifa para apitar a decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo, entre Brasil e Holanda, no Mané Garrincha, em Brasília. O juiz vira assim o primeiro árbitro africano a apitar esta decisão na história das Copas. Durante este Mundial, o argelino de 43 anos dirigiu dois confrontos na fase de grupos (Austrália x Holanda e Costa Rica x Inglaterra) e um duelo nas oitavas de final (Bélgica x Estados Unidos).

Leia também:

Neymar vai torcer por amigos Messi e Mascherano na final

Neymar rejeita tratamento alternativo para voltar à Copa

Fifa inocenta colombiano Zúñiga por entrada em Neymar

Parreira fala em “trabalho perfeito” e não se arrepende de discurso sobre favoritismo

Foi no jogo entre belgas e americanos que Haimoudi sofreu a maior pressão de sua carreira, quando o técnico dos EUA, Jürgen Klinsmann, afirmou que não gostava de ter um argelino apitando a partida porque ele falava o mesmo idioma dos belgas, o que facilitaria o diálogo para os europeus. O árbitro conduziu o confronto com segurança até a prorrogação, quando os belgas bateram os norte-americanos por 2 a 1, em um duelo empolgante até o fim.

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta

Em sua carreira, Haimoudi apitou jogos da Copa das Confederações em 2013, do Mundial de Clubes de 2012 e do Mundial sub-20 em 2011. Além destas experiências, o argelino dirigiu confrontos nas três últimas edições da Copa Africana de Nações, em 2008, 2012 e 2013. Haimoudi apitou a final da última edição entre Nigéria e Burkina Faso, vencida pelos nigerianos.

(Com Estadão Conteúdo)