Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após treinar na reserva, Osvaldo pode não jogar mais o Brasileiro

Titular absoluto do Ceará no Campeonato Brasileiro, o atacante Osvaldo parece estar vivendo a sua fase mais conturbada na equipe. Após perder a condição de titular no último treinamento da equipe, o jogador irá a julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá pegar até seis jogos de suspensão.

Grande destaque da conturbada campanha do Vozão na competição, Osvaldo já teve seu nome cogitado em times como Cruzeiro e Corinthians e agora terá que enfrentar a forte concorrência de Felipe Azevedo no setor ofensivo da equipe. Seu concorrente marcou o gol dos cearenses na derrota por 2 a 1 para o Fluminense, na rodada passada, e parece ter ganhado pontos com o técnico Dimas Filgueiras.

No último treinamento, o treinador promoveu mais quatro mudanças na equipe considerada titular. Incomodado com o modo como seu time se portou em campo diante dos cariocas, Dimas tirou Edmílson da zaga e colocou Daniel Alves em seu lugar, além de testar Juca na vaga deixada pelo lesionado Michel. Enquanto isso, Boiadeiro voltou a ocupar a lateral direita, ao mesmo tempo em que Fernando Henrique, com dores no pé, cedeu a meta para o goleiro Diego.

Já nos bastidores do clube, os advogados do Ceará terão a árdua tarefa de livrar Osvaldo e Heleno de uma pesada punição. Ambos foram expulsos na derrota por 1 a 0 contra o Flamengo, na 30rodada do Brasileiro, e agora estarão no banco dos réus do STJD .

O atacante do Vozão recebeu o cartão vermelho no fim da partida, quando caiu na área flamenguista. Como o juiz entendeu que tal atitude consistia na simulação de um pênalti, o atleta acabou enquadrado no artigo 258, que consiste na prática de conduta antidesportiva, e poderá receber uma punição de até seis jogos, o que inviabilizaria seu retorno nesta temporada.

Ao mesmo tempo, Heleno terá que responder pelos entreveros em que se envolveu com o meia Ronaldinho Gaúcho. Os jogadores se empurraram e distribuíram pontapés na lateral do campo, o que custou ao volante um cartão vermelho e uma acusação por agressão no artigo 254, que tem pena máxima de 12 jogos de gancho.

Na zona de rebaixamento do Brasileiro, o Ceará precisará esquecer dos problemas extra-campo e se focar apenas na conquista de uma vitória na próxima rodada, diante do também ameaçado Avaí, na Ressacada. Os cearenses estão na 17colocação, com 32 pontos, enquanto os catarinenses ocupam o 19lugar, com 29.