Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após polêmica na ida, Vuaden apita volta entre Corinthians e Vasco

Assunção, 18 mai (EFE).- Conhecido por seu estilo de deixar o jogo seguir e apitar poucas faltas, o árbitro Leandro Pedro Vuaden foi designado para dirigir a partida de volta entre Corinthians e Vasco pelas quartas de final da Taça Libertadores, na próxima quarta-feira, no Pacaembu.

Com Altemir Hausmann e Carlos Berkenbrock como assistentes, Vuaden terá sua responsabilidade aumentada por conta das críticas ao àrbitro do jogo de ida, Sandro Meira Ricci, e seus auxiliares, Alessandro Rocha e Roberto Braatz.

A atuação do trio comandado por Ricci inclusive motivou a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) a enviar na quinta-feira uma nota oficial de reclamação à CBF.

Outro time que criticou a arbitragem do primeiro jogo foi o Fluminense, que foi derrotado por 1 a 0 pelo Boca Juniors em Buenos Aires na quinta-feira. Brasileiros e argentinos voltarão a se enfrentar na próxima quarta, no Engenhão, em duelo que será dirigido pelo chileno Enrique Osses, auxiliado pelos compatriotas Francisco Mondría e Carlos Astroza.

Na quinta-feira, o Santos buscará na Vila Belmiro uma vitória por dois gols de diferença sobre o Vélez Sarsfield. O trio para esse jogo será uruguaio, com Roberto Silveira no apito e Mauricio Espinosa e Miguel Nievas como assistentes.

No único confronto que não envolve equipes do Brasil, o Universidad do Chile receberá o Libertad na quinta-feira, oito dias depois do empate em 1 a 1 entre os dois times no Paraguai. O árbitro da partida será o colombiano Wilmar Roldán, auxiliado pelos compatriotas Humberto Clavijo e Eduardo Díaz. EFE