Após perder vaga na F-1, Trulli está surpreso com várias ofertas recebidas

Após perder a vaga na equipe Caterham para o russo Vitaly Petrov, Jarno Trulli se disse surpreso com a quantidade de propostas que ele recebeu após ficar sem o assento na Fórmula 1.

O desejo do italiano é o de continuar com a carreira no automobilismo, e ele não descarta continuar na maior categoria do mundo, ainda que hoje essa possibilidade pareça bem remota.

‘Estou surpreso pelo fato de que há um ou dois dias, eu já recebi algumas ofertas. Não achei que fosse acontecer isso tão rápido’, contou o piloto ao site da revista britânica Autosport. Apesar das ofertas, Trulli deseja um tempo para pensar na sua carreira e pretende decidir seu futuro mais para frente.

‘Não quero tomar nenhuma decisão agora. Quero colocar todas as ofertas sobre a mesa e ver o que é melhor para mim. No momento, não tenho nenhum plano’, ressaltou o piloto de 37 anos de idade.

Jarno faz questão de deixar claro que quer competir em alto nível, diferentemente dos últimos dois anos na Lotus. ‘Passei esse período na parte de trás do grid e foi um pouco frustrante após ter lutado pelas primeiras colocações em grande parte da minha carreira’, disse.

Trulli também não descarta qualquer oportunidade, independentemente da categoria. ‘Estou aberto para todas as possibilidades, desde que com alto nível profissional. Sou feliz trabalhando firme, testando, desenvolvendo um projeto, mas quero algo que me dê estrutura para ter uma grande performance’, afirmou. ‘Nascar e Indy poderiam ser uma chance, mas eu não tenho patrocinadores, nunca tive isso na minha carreira, sempre usei meu talento e nada mais’.