Após ameaça, Roger Federer tem segurança reforçada

E-mail anônimo afirma que tenista suíço será assinado no dia 6 de outubro

Os organizadores do Masters de Xangai, que começa neste fim de semana, reforçaram a segurança após o suíço Roger Federer receber ameaças pela internet. Federer chegou à China com sua família. Ao mesmo tempo, um site chinês recebeu um e-mail anônimo dizendo que havia um plano para assassinar o tenista líder do ranking da ATP.

Leia também:

Leia também: Roger Federer já veste a camisa 10 da seleção brasileira

“Planejo assassinar Roger Federer em 6 de outubro para exterminar o tênis”, foi a mensagem transmitida pela internet, junto a uma fotomontagem com Federer decapitado em uma quadra de tênis. Os organizadores do torneio reforçaram a segurança para evitar qualquer ataque aos jogadores. No torneio de Hamburgo em 1993, um torcedor apunhalou a ex-jogadora Monica Seles. Leia também: Mais ingressos para ver Roger Federer: de 500 a 990 reais (Com agência AFP)