Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ante atuação do Boca, Abel Braga prevê Flu classificado

A derrota do Fluminense para o Boca Juniors, na última quarta-feira, não desanimou o técnico Abel Braga para o segundo encontro entre ambos os times nas quartas de final. Mesmo com a vantagem argentina de empatar a partida por qualquer placar, o treinador aposta em uma tranquila conquista da classificação, diante do rendimento demonstrado por seu adversário em La Bombonera.

O comandante não acredita que os sul-americanos conseguirão fazer frente ao futebol do Fluminense com o rendimento demonstrado na vitória por 1 a 0, na última quarta-feira. Abel Braga considera que a gana de sua equipe em vencer o temido clube argentino fará com que o time incorpore uma nova postura dentro de campo e esqueça a derrota sofrida longe do Rio de Janeiro.

‘Eles não acharam o gol durante todo o primeiro tempo e depois só fizeram em uma jogada rápida no segundo. Tomamos o gol assim, em uma enfiada de bola para o atacante, mas já passou. Dos males o menor. Estamos firmes, preparados. Se eles jogarem igual jogaram na Argentina, eles perdem. Se jogarem mais, eles podem até ganhar. Minha esperança é essa’, analisou o comandante do Fluminense.

Abel Braga também mostrou confiança na qualidade de sua equipe e disse não ter dúvidas de que seus jogadores conseguirão fazer frente ao clube adversário no Brasil. O treinador considera que o estudo sobre o modo como o Boca Juniors joga surtiu efeito em sua equipe e fará com que os atletas cariocas consigam se impor na tentativa de busca a vitória na próxima semana.

‘Eu fiquei com um sentimento muito real de que a minha equipe tem qualidade. Eu falei antes do jogo que eu tinha certeza que eles iam fazer um grande jogo e tudo aquilo que a gente programou aconteceu. Eles se viram um pouco perdidos após a expulsão e souberam administrar a pressão, pois o Boca tem uma torcida que não vaia. Infelizmente, nós não fizemos o gol e agora será tudo diferente lá no Rio de Janeiro’, encerrou o técnico.

(Com Agência GazetaPress)