Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

André e Uendel brilham no fim e Corinthians vence de virada o Coritiba

Timão perdia o jogo até os 45 minutos do segundo tempo, mas vence e vira líder.

No sufoco, o Corinthians conseguiu a virada e de forma dramática venceu o Coritiba por 2 a 1 neste sábado, no Itaquerão, resultado que deixa a equipe na liderança do Campeonato Brasileiro. Brilharam as estrelas de Uendel e André, um dos jogadores mais criticados do elenco e que poderia ter sido negociado com o Sport nesta semana, mas o técnico Tite decidiu segurá-lo.

Antes da bola rolar, o Corinthians era o grande favorito. Vinha de três vitórias, sem levar gols e com possibilidade de assumir a liderança. O Coritiba demitiu o técnico Gilson Kleina ao longo da semana e começou a rodada na zona de rebaixamento. Mas a vitória esteve longe de ser fácil.

Durante a maior parte do jogo, o Corinthians era quem tinha a bola no pé e demonstrava maior iniciativa no ataque. Faltava, porém, alguém com melhor qualidade para finalizar.

No único momento de distração da defesa corintiana, o Coritiba se aproveitou. Aos 46, Bruno Henrique perdeu a bola no campo de defesa, os visitantes chegaram em velocidade, o zagueiro Pedro Henrique tentou ajudar Uendel na marcação e deixou espaço na zaga para a entrada de Negueba, que bateu cruzado e abriu o placar.

No segundo tempo, Tite colocou Giovanni Augusto, que começou no banco para ser poupado e o meia deu maior volume de jogo ao time. Só que continuou faltando qualidade nas conclusões. O time tocava a bola no meio de campo, jogava nos laterais, voltava para o meio e ninguém parecia saber o que fazer para abrir espaço na fechada defesa paranaense.

Tite recorreu ao criticado atacante André. E os minutos finais foram de um Corinthians apostando em lançamentos e sufocando o Coritiba, que recuou demais e pagou caro.

Aos 44, Uendel fez jogada pela esquerda, chutou cruzado, mas a tentativa virou um cruzamento para André desviar e deixar tudo igual. Irritado, o atacante chutou uma placa de publicidade como desabafo.

E na pressão e empurrado pela torcida, o Corinthians não desistiu e percebeu que a derrota certa poderia virar uma grande vitória. Aos 49, no último minuto da partida, Uendel roubou a bola, Marquinhos Gabriel recebeu e cruzou para o lateral-esquerdo cabecear e garantir a virada para a festa dos corintianos.

Com o resultado, o Corinthians chegou aos 13 pontos, na liderança provisória do Brasileirão – torcerá por tropeços dos gaúchos Internacional e Grêmio neste domingo. O próximo compromisso do time será o clássico com o Palmeiras, em 12 de junho, no Allianz Parque.

O Coritiba é o 18º colocado, com apenas quatro pontos, e pode até terminar a rodada na lanterna. Seu próximo jogo no Brasileirão vai ser diante do Sport, no Couto Pereira, também no dia 12.

(Com Estadão Conteúdo)