Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

África do Sul conquista primeiro ouro do continente africano no remo

O quarteto formado por James Thopmson, Matthew Brittain, John Smith e Sizwe Ndlovu conquistou um resultado histórico, nesta quinta-feira. Competindo na categoria quatro sem leve, em Eton Dorney, a equipe da África do Sul anotou o tempo de 6min02s84, ficou com a primeira colocação e garantiu a primeira medalha de ouro da história do continente africano no remo em Jogos Olímpicos.

A Grã-Bretanha (Peter Chambers, Rob Williams, Richard Chambers e Chris Bartley), com 6min03s09, e a Dinamarca (Kasper Winther, Morten Jorgensen, Jacob Barsoe e Eskild Ebbesen), com 6min03s16, ficaram com as medalhas de prata e bronze, respectivamente.

Quem também triunfou nesta quinta-feira foi a equipe norte-americana, que conquistou o bicampeonato olímpico na categoria oito com feminino. O time formado por Erin Cafaro, Zsuzsanna Francia, Esther Lofgren, Taylor Ritzel, Meghan Musnicki, Eleanor Logan, Caroline Lind, Caryn Davies e Mary Whipple (timoneira) registrou a marca de 6min10s59 e assegurou a primeira colocação no pódio em território britânico.

A medalha de prata ficou com o time do Canadá, que anotou o tempo de 6min13s12 nos dois mil metros de percurso. Já a Holanda, que havia sido vice-campeã olímpica em Pequim, em 2008, garantiu a medalha de bronze em Eton Dorney, com 6min13s12.

Skiff duplo masculino

Na competição de skiff duplo masculino, a medalha de ouro ficou com os neozelandeses Nathan Cohen e Joseph Sullivan, com 6min31s67. Os italianos Alessio Sartori e Romano Battisti encerraram a disputa na segunda colocação, com 6min32s80, seguidos pelos eslovenos Luka Spik e Iztok Cop, com 6min34s35.