Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Acusado de corrupção se demite da vice-presidência da Fifa

Jack Warner é acusado de pagar propina em troca de votos para presidência da entidade

Jack Warner renunciou nesta segunda-feira ao cargo de vice-presidente da Fifa e teve a investigação de corrupção realizada pela entidade encerrada. Warner e Mohamed Bin Hammam, presidente da Confederação Asiática de Futebol, foram suspensos pela Fifa no último mês, acusados de oferecer propinas de 40.000 dólares (pouco mais de 60.000 reais) para eleitores caribenhos durante a campanha presidencial de Bin Hammam.

Warner passou 28 anos no Comitê Executivo da Fifa, e também presidia a Confederação de Futebol das Américas do Norte, Central e Caribe – Concacaf. “Jack A. Warner informou à Fifa sobre a sua renúncia aos cargos no futebol internacional”, disse a Fifa, em comunicado. Warner foi aliado por longo período de Joseph Blatter, reeleito para a presidência da Fifa após Bin Hammam retirar sua candidatura por conta das acusações de corrupção. “Como consequência da renúncia de Warner, todos os processos do comitê de ética contra ele foram encerrados e a presunção de inocência está mantida”, acrescentou a Fifa. (Com Agência Estado)