Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abidal submetido a um transplante de fígado

O lateral francês Éric Abidal, do Barcelona, foi submetido um transplante de fígado nesta terça-feira, um ano depois de ter sido operado por um tumor no mesmo local.

“Agora mesmo, me disseram que a cirurgia está praticamente finalizada, que foi muito, muito demorada e que ainda temos que ser muito prudentes”, declarou o técnico do Barça, Josep Guardiola, logo depois da vitória por 4 a 0 da sua equipe sobre o Getafe, nesta terça-feira, pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol.

Os torcedores do Camp Nou ovacionaram ‘Abi’ aos 22 minutos de jogo, em referência ao número (22) da camisa do jogador.

“As próximas horas serão decisivas”, completou o treinador, que dedicou a vitória do time catalão “a Abidal e ao seu primo Gérard”, que teria sido o doador do órgão transplantado.

“É uma longa operação, na qual é preciso operar primeiro o doador, e logo em seguida a pessoa transplantada”, explicou Javier Faus, vice-presidente do Barça.

De acordo com o diário catalão Sport, o atleta entrou na sala de cirurgia do hospital Clinic de Barcelona às 10h00 locais (5h00 no horário de Brasília), para uma operação que pode durar entre seis e oito horas.

A notícia de que Abidal tinha que ser submetido a este transplante foi divulgada no último dia 15 de março, enquanto o atleta tinha disputado a maioria dos jogos desta temporada como titular do Barcelona.

O lateral de 32 anos foi operado por um tumor no fígado no dia 17 de março de 2011 e foi citado como exemplo de superação por se recuperar em tempo recorde.

Ele até disputou a final da Liga nos Campeões, no último dia 28 de maio, e teve a honra de levantar o troféu que o Barça venceu ao superar o Manchester United por 3 a 1.

“Este tumor me atingiu. A vida pode mudar, estou seguindo um tratamento, tomo medicação todos os dias, mas não sei como meu corpo vai reagir. Hoje, estou bem, mas amanhã, não sei”, declarou o jogador em setembro.

O francês renovou recentemente seu contrato com o Barcelona, que vencia no em junho de 2012, por mais uma temporada.

“Éric Abidal é muito precioso para nós. É muito complicado encontrar um jogador como este”, elogiou seu técnico, Josep Guardiola, que o escalou durante 38 partidas nesta temporada, tanto na lateral quando na zaga, quando Carles Puyol ou Gérard Piqué desfalcaram a equipe.

O treinador da seleção francesa, Laurent Blanc, também lamentou os problemas de saúde de Abidal, que pretendia convocar para a Eurocopa-2012, que será disputada dos dias 8 de junho a 1º de julho na Ucrânia e na Polônia.