Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aberto da Austrália: Murray supera australiano e enfrentará Ferrer nas quartas

Quatro vezes vice-campeão, britânico eliminou Bernard Tomic em sets diretos

O britânico Andy Murray frustrou a torcida local nesta segunda-feira ao bater o australiano Bernard Tomic por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/4 e 7/6 (7/4). Com a vitória, o segundo colocado do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) se classificou para as quartas de final do Aberto da Austrália pela sétima vez consecutiva.

Quatro vezes vice-campeão do Grand Slam em Melbourne (2010, 2011, 2013 e 2015), Murray teve grande atuação nesta manhã, com 18 aces, 43 winners e apenas 22 erros (34 a menos que o australiano Tomic). Na próxima fase, Murray terá pela frente o espanhol David Ferrer, número 8 do mundo, que eliminou o americano John Isner em sets diretos, com parciais de 6/4, 6/4 e 7/5.

Leia também:

De Chapolin a estampa de coqueiro: os figurinos mais ousados do Aberto da Austrália

Federer conquista 300ª vitória em Grand Slams e avança na Austrália

Último rival de Guga, Hewitt perde no Aberto da Austrália e se aposenta aos 34 anos

O canadense Milos Raonic superou o suíço Stan Wawrinka pela primeira vez em cinco confrontos e também chegou às quartas de final. Raonic bateu o quarto colocado no ranking em cinco sets, com parciais de 6/4, 6/3, 5/7, 4/6 e 6/4, em 3 horas e 44 minutos de jogo.

Com a vitória sobre o campeão de 2014, Raonic jogará contra o francês Gael Monfils, número 25 do mundo, que passou pelo russo Andrey Kuznetsov (74º), por 3 sets a 1, com parciais de 7/5, 3/6, 6/3 e 7/6 (7/4).

Do outro lado da chave, o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, enfrentará o japonês Kei Nishikori por uma vaga nas semifinais na madrugada desta terça-feira, enquanto o suíço Roger Federer irá encarar o checo Tomas Berdych.

(da redação)