Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A bronca de Zagallo: “Seleção Brasileira não tem base”

Tetra-campeão afirma que time está atrasado em relação aos demais competidores

Em um encontro onde o assunto é futebol, Zagallo costuma centralizar atenções. Às credenciais de único tetracampeão mundial soma-se a tradicional liberdade com que ele ataca e defende – nesse caso, tendo também como alvo colegas de profissão. No evento de apresentação da Soccerex 2011, principal feira de negócios do futebol no mundo, o assunto do decano do esporte foi a Seleção Brasileira e seu técnico, Mano Menezes. “Não temos uma formação, a seleção está sem base. Como não estamos disputando as eliminatórias, estamos atrasados em relação aos outros países. Ninguém sabe qual é a base da nossa seleção. É preciso decidir isso o mais rápido possível para trabalhar a equipe”, disse.

Para Zagallo, a seleção tem bons valores individuais, mas não tem padrão tático. O Brasil tem tempo para montar uma equipe competitiva, segundo ele. Mas será preciso recuperar o tempo perdido. “Nós já ganhamos cinco Copas e perdemos uma em casa. Esta não podemos perder. Bons valores para isso nós temos. Tem Neymar, Ganso, Kaká e Luis Fabiano, que está voltando a jogar bem no São Paulo. Temos grandes valores e acho que podemos formar uma boa equipe para daqui a três anos. Precisamos começar a treinar essa base já”, defendeu.

Comandante do Brasil em cinco Copas, o treinador também lembrou de Adriano, de quem é fã. “Colocaram ele no final do jogo contra o Atlético Mineiro, e ele fora de forma, acima do peso, foi lá e ‘pimba’, marcou. Talvez aquele tenha sido o gol do título”, disse, sorrindo. Do timão, ele também elogiou o atacante Liedson e o treinador Tite. “Esse Liedson faz muito gol. Mas a força do Corinthians é o conjunto. É o time mais bem armado do campeonato. Até agora o Tite foi o melhor técnico, vamos ver até o final. O campeonato não acabou, ainda faltam dois jogos”.

Seguro, Zagallo não arrisca palpite. “Corinthians e Vasco estão na frente, mas o Fluminense tem feito a melhor campanha do segundo turno. É difícil para eles chegarem porque dependem de derrotas do Corinthians. Mas em futebol tudo pode acontecer. Não vou entrar nessa furada de prever o futuro”, brincou.

Zagallo só perde o bom-humor quando o assunto é Ronaldinho Gaúcho, declaradamente sua principal discordância do técnico mano Menezes. “Eu não vou voltar atrás. Já disse e repito: no meio-campo ele não tem mais condição física para exercer a função. Na frente, no Flamengo, ainda vai, mas na seleção, com tantos pontas de lança de qualidade, de jeito nenhum”, disse o treinador. “Jamais o convocaria”.

O ex-treinador da Seleção Brasileira voltará a Soccerex na próxima semana. Ele será um dos palestrantes do evento nos próximos dias 28 e 29. As palestras ainda contarão com a presença de nomes consagrados como Zico, Romário e Cafu. No último dia da feira Zagallo receberá o 1º Troféu João Havelange. A Soccerex acontecerá do dia 26 a 30 de novembro em uma arena montada no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. A feira, que vem pela segunda vez à cidade, será realizada no Rio até o ano de 2013, ano da Copa das Confederações, evento teste para a Copa do Mundo de 2014.