Publicidade
 

 
 
 



O melhor da cidade

Guia 2002/2003
CARTA AO LEITOR
RESTAURANTES
BARES
COMIDINHAS
CRÔNICA
ABC
CINEMAS
CONCERTOS
DANÇA
EXPOSIÇÕES
FILMES
PARA AS CRIANÇAS
SHOWS
TEATRO
    RESTAURANTES

ITALIANOS/CANTINAS

As cantinas italianas de São Paulo, em sua maioria, oferecem um tipo de comida que só existe por aqui. São pratos de inspiração napolitana, devidamente adaptados. Em geral, massas com molhos copiosos, servidas em porções generosas. No cardápio, sem nenhuma cerimônia, entram também receitas da chamada cozinha internacional. Outras cantinas são mais fiéis às receitas originais. Quase todas elas têm ambiente informal, às vezes ruidoso, e preços bem menores do que os italianos tradicionais. Caíram no gosto do paulistano. As mais bem-sucedidas costumam lotar no final de semana.

Andiamo
Rua do Rocio, 250, Vila Olímpia, 3845-3854 (180 lugares). 12h/0h (dom. só almoço até 18h; seg. a qua. só almoço até 16h). Cc.: todos. T.: todos. Estac. c/manobr. (R$ 5,00). Couvert: grátis. Mais quatro endereços. www.restauranteandiamo.com.br. Aberto em 1992. $$
Todos os itens do cardápio trazem o valor calórico do prato. Em se tratando de uma cantina, é melhor não prestar atenção nesse detalhe. Um simples espaguete ao molho de tomate e manjericão (R$ 11,30), por exemplo, tem cerca de 637 calorias. A lasanha, então... Esqueça. A dica é: aproveite o ambiente legal e peça, sem culpa, o saboroso fusilli ao molho de tomate com cubos de berinjela e calabresa (R$ 13,80). Além das massas, há boas opções de carne, peixe e frango. A rede mantém quatro outros endereços nos shoppings Ibirapuera, D&D, MorumbiShopping e Villa-Lobos.

Bella Donna
Rua Tabapuã, 749, Itaim Bibi, 3078-6889 (100 lugares). 11h/15h30 e 19h/23h (sáb. e dom. sem intervalo; fecha seg.). Cc.: A e V. T.: C, T e V. Estac. c/manobr. (R$ 3,60 por duas horas). Couvert: R$ 4,00. Entrega em domicílio (ter. a sáb.). Avenida João Carlos da Silva Borges, 742, Santo Amaro, 5642-2363 (110 lugares). 11h/15h30 e 18h30/0h (sáb. e dom. sem intervalo; fecha seg.). Cc.: A e V. T.: C, T e V. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 4,00. Entrega em domicílio (ter. a sáb.). www.belladonna.com.br. Aberto em 1986. $
A matriz, no Itaim, parece uma cantina do Bixiga. Inaugurada em outubro de 2001, a filial tem ambiente mais arrumadinho, com cadeiras estofadas e fotos antigas da cidade nas paredes. Nos dois endereços, são servidas massas de fabricação própria. Entre as especialidades, fusilli com braciola (R$ 15,50), nhoque de batata à bolonhesa (R$ 12,50) e ravióli de ricota ao molho rosé (R$ 13,00).

Bellosguardo
Alameda dos Arapanés, 1344, Moema, 5533-3489 (95 lugares). 12h/15h e 19h30/23h (sáb. almoço até 16h30; dom. só almoço até 16h30; fecha seg.). Cc.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 2,40. Aberto em 1985. $$
Esconde-se atrás de fachada que parece uma loja, mas é cantina de tradição. A família que administra é a responsável pelo cardápio e, muitas vezes, pela própria execução dos pratos. Chega a fechar na época do verão europeu, para desfrutar férias italianas. Nos antepastos, berinjela à tuffolo (frita com vinagre e hortelã, R$ 7,90) e escarola recheada (azeitona, alcaparra, parmesão e anchova, R$ 9,20). Entre as massas, destaque para o fusilli. É lugar para encomendar cabrito, língua, lulas recheadas e outros pitéus. Boa carta de vinhos completa a cantina, que se destaca pela qualidade e pelo atendimento.

Buttina
Rua João Moura, 976, Pinheiros, 3083-5991 (80 lugares). 12h/14h30 e 20h/23h (sex. jantar até 0h30; sáb. almoço 13h/16h e jantar até 0h30; dom. só almoço 13h/17h; fecha seg.). Cc.: todos. Manobr. (R$ 7,00). Aberto em 1996. $$
Abriu, no quintal da casa, uma nova área, na qual o inventário florestal assinala a presença de cinco jaboticabeiras, duas amoreiras e uma pitangueira, para abrigar onze disputadas mesas. É cantina diferenciada, que atrai clientela fiel. Faz sucesso o orecchiette com brócolis, molho de tomates e lingüiça calabresa (R$ 19,90). É preparado artesanalmente apenas nas terças, quartas e quintas. Nas massas, o cardápio avisa que os pratos com molho de tomate já vêm com queijo parmesão. Dezesseis tipos, de R$ 10,00 a R$ 23,00. A carta de vinhos não pára de crescer e o cliente pode trazer sua garrafa pagando R$ 16,00 para ser servida.

Cantina 1020
Rua Barão de Jaguara, 1012, Cambuci, 3208-9199 (150 lugares). 11h/23h30 (sex. e sáb. até 1h; dom. até 23h; seg. só almoço até 15h). Cc.: V. T.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 1,50. Aberto em 1948. $
Há 54 anos, famílias inteiras ocupam suas mesas e algumas até dispensam o interminável cardápio. Existem mais de 200 opções. Uma das receitas mais apreciadas é a perna de cabrito com brócolis e batata, R$ 45,90. Porções para duas pessoas. Entre as massas de fabricação própria, canelone de ricota ao sugo (R$ 16,90) e lasanha verde ao molho branco (R$ 21,90).

Cantina do Piero
Rua Haddock Lobo, 728, Cerqueira César, 3062-9635/6918 (86 lugares). 11h30/16h e 19h/1h (sex. até 3h; sáb. sem intervalo até 3h; dom. sem intervalo). Cc.: todos. T.: T. Estac. na Alameda Jaú, 1686 (R$ 2,00 por duas horas). Couvert: R$ 3,00. Entrega em domicílio ( 5081-9300). www.cantinadopiero.com.br. Aberto em 1990. $$
O italiano Piero Grandi espalhou várias casas com seu nome pela cidade. Vendeu todas, com exceção desta, que é tocada pelo filho Tullio. A receita mais antiga do restaurante (rocambole verde recheado com mussarela e presunto ao molho rosé com bacon, gratinado com catupiry) figura na lista das especialidades, ao lado do macalú de frutos do mar ao molho de tomate (R$ 36,00, para dois), agnellotti de ricota ao molho branco com passas e nozes (R$ 22,50) e talharim tricolor aos quatro queijos (R$ 22,50).

Cantina Gigio
Rua do Gasômetro, 254, Brás, 228-2045 (220 lugares). 11h30/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc.: D, M e V. T.: todos. Manobr. Couvert: R$ 1,80. Couvert art.: R$ 2,00 (a partir das 20h30). Rua dos Pinheiros, 355, Pinheiros, 3064-6823 e 3081-8419 (180 lugares). 11h30/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. e seg. até 23h). Cc.: todos. T.: todos. Manobr. (R$ 4,00). Couvert: R$ 1,80. Entrega em domicílio. www.cantinagigio.com.br. Aberto em 1971. $
Nasceu no Brás e ganhou filial, nos mesmos moldes, em Pinheiros. Nos dois endereços, massas de fabricação própria são servidas em porções fartas e imersas em molho. O cliente faz a escolha da massa (nhoque, ravióli, penne, espaguete, fettuccine, capelete e capellini) e combina com uma das 32 opções de molho. O fettuccine pode vir, por exemplo, com o parisiense, molho branco gratinado com ervilha, presunto e frango desfiado (R$ 30,00). Penne com carne assada, R$ 24,50. Pintado na brasa com arroz à grega, R$ 44,00.

Capuano
Rua Conselheiro Carrão, 416, Bela Vista, 288-1460 (80 lugares). 11h30/15h e 19h/0h (sex. até 1h; sáb. almoço até 16h e jantar até 1h; dom. só almoço até 16h30; fecha seg.). Cc.: A e V. T.: T. Couvert: R$ 6,10. Couvert art.: R$ 3,00 (só no jantar de sáb.). Aberto em 1907. $
Durante décadas, a mais antiga casa em funcionamento do Bixiga teve um cardápio limitado a apenas três clássicos: fusilli ao sugo, cabrito e camarão ensopado. Hoje, oferece uma grande variedade de massas, carnes e frangos. Entre as opções, tripa à parmigiana (R$ 18,50), penne com abobrinha (R$ 23,80), capelete in brodo (R$ 18,90), nhoque ao sugo com calabresa (R$ 21,50) e vitela à pizzaiola (com tomate e vinho tinto, R$ 27,50). Todas as porções servem duas pessoas.

Casa das Massas
Rua Tupi, 610, Higienópolis, 3825-7157 e 3666-7566 (86 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sex. e sáb. até 1h; sáb. e dom. almoço até 16h). Cc.: V. T.: C, T e V. Manobr. Couvert: R$ 6,50. Entrega em domicílio. Aberto em 1987. $$
Com detalhes de madeira escura, parece uma taberna. Suas massas, de fabricação própria, são servidas em 27 versões. Entre elas, fettuccine ao pesto (R$ 21,00), rondelli de ricota gratinado com catupiry (R$ 22,00), espaguete ao vôngole (R$ 24,00), lasanha verde à bolonhesa (R$ 19,00) e capellini com camarão (R$ 32,00). Há peixes como o salmão grelhado com legumes (R$ 25,00), receitas de frango desossado com creme de milho (R$ 15,00) e 22 opções de carne.

Daidone
Rua Ramos Batista, 443, Vila Olímpia, 3845-0080 (95 lugares). 11h30/15h30 e 17h30/0h (dom. só almoço até 17h; seg. só almoço). Cc.: todos. T.: T e V (só no almoço de seg. a sex.). Estac. c/manobr. (R$ 7,00). Couvert: R$ 2,50. Aberto em 2001. $$
Tem jardim com teto retrátil e um agradável salão com toalhas alvas nas mesas. No cardápio, receitas da matriarca Yolanda Daidone. São dela as massas produzidas na casa. Há ravioloni de batata-doce com manteiga e sálvia (R$ 14,60), tortelli recheado de moranga e amaretto ao molho de tomate (R$ 16,50) e mezzaluna recheada de mussarela de búfala e tomate seco (R$ 17,60). Entre as opções de carne, pernil de coelho ao vinho tinto com purê de batata (R$ 24,20). Faz um saboroso risoto de camarão ao prosecco com aspargo e mascarpone (R$ 23,30).

Di Torino
Rua Doutor Homem de Melo, 380, Perdizes, 3672-6454 e 3868-3255 (70 lugares). 11h30/15h e 18h/0h (sáb. almoço até 16h30 e jantar até 1h; dom. só almoço até 18h). Cc.: D, M e V. Manobr. (R$ 2,00). Couvert: R$ 3,95. Entrega em domicílio. Aberto em 1979. $$
Este restaurante procura fugir dos preparos de carregação. Além de massas, peixes e carnes, oferece fígado à veneziana e língua ao molho madeira (ambos por R$ 24,80 para dois e R$ 15,80 para um, aumento de 25% em relação ao ano passado). Como o dono é potiguar, introduziu no cardápio carne-de-sol acompanhada de purê de abóbora, mandioca frita, feijão-verde e manteiga de garrafa (R$ 36,00 para dois).

Divina Itália
Rua Mourato Coelho, 789, Vila Madalena, 3814-3344 (80 lugares). 11h/15h30 e 19h/1h (sáb. sem intervalo; dom. sem intervalo até 23h; fecha seg.). Cc.: V. T.: todos (só no almoço de ter. a sex.). Manobr. (R$ 4,00). Couvert: R$ 7,50. Aberto em 1994. $$
O casal proprietário, Norma e Fernando Franco, montou um restaurante com dois andares, de instalações simples, mas de bom gosto. Suas massas recheadas têm grande aceitação. O sfogliatti de frango, em forma de trouxinha, com frango e temperos, é gratinado ao molho de funghi, que leva parmesão, creme de leite e condimentos (R$ 18,00). Para quem prefere uma preparação mais enxuta, o sfogliatti de verdura tem recheio com brócolis e abobrinhas, servido ao sugo, à base de tomate fresco, manjericão, cebola e condimentos (R$ 16,00). As saladas são servidas em porções para duas pessoas.

Don Pepe di Napoli
Alameda dos Arapanés, 955, Moema, 5056-0007 (120 lugares). 12h/15h30 e 19h/1h (sex. até 2h; sáb. almoço até 16h30 e jantar até 2h; dom. sem intervalo até 0h). Cc.: D, M e V. T.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 3,10. Entrega em domicílio. Mais três endereços. Aberto em 1983. $$
Allan Vila Espejo, cuja imagem junto ao fogão a televisão tornou famosa, é um empresário de sucesso no ramo da gastronomia. Já tem dez restaurantes e só a rede dos Don Pepe emplaca quatro estabelecimentos. Este, da Alameda dos Arapanés, é o carro-chefe da cozinha autoproclamada ítalo-espanhola. O cardápio, confeccionado com boas fotos, traz alguns anúncios. Na penúltima página, gozador que é, sabendo da atração da clientela, colocou os dizeres: "Este cardápio foi sutilmente garfado da rede Don Pepe Di Napoli". Serve sopas (que traduz por zuppa, mas trata-se de minestra), frango à passarinho (R$ 14,20, para dois), talharim à Don Pepe (R$ 21,90, para dois), paella valenciana (R$ 62,70, para dois), mais peixes, carnes e sobremesas. São pratos fartos, com bons ingredientes e preços razoáveis.

Due Maestà
Rua José Maria Lisboa, 849, Jardim Paulista, 3884-8979/9202 (110 lugares). 11h/16h e 19h/0h (sáb. e dom. sem intervalo). Rotisseria, a partir das 8h. Cc.: todos. T.: todos. Manobr. Couvert: R$ 3,00. Entrega em domicílio. www.duemaesta.com.br. Aberto em 2000. $$
Restaurante simples, acoplado a uma rotisseria famosa há mais de duas décadas. Tem almoço executivo, de segunda a sexta. São dezesseis sugestões por R$ 11,60. Entre elas, picadinho de arroz com ovo poché, couve e banana, virado à paulista, risoto primavera. Musse de chocolate (R$ 2,50) feita lá mesmo, à moda antiga. À noite, só serve à la carte. Além dos pratos, oferece pizzas e calzones.

Famiglia Mancini
Rua Avanhandava, 81, centro, 3256-4320 (180 lugares). 11h15/1h30 (sex. e sáb. até 3h30; dom. até 1h). Cc.: todos. T.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 3,00. www.famigliamancini.com.br. Aberto em 1980. $$
Continua o sucesso que converteu a cantina no best-seller dos restaurantes da cidade. As massas podem ser macias, até demais, mas a clientela não pára de fazer fila na porta. Para acompanhar as massas, há 100 escolhas de molhos e complementos, alguns repetidos. O cardápio integral contém mais de 200 itens. Os preços vão de R$ 18,00 a R$ 78,00. A maioria dos pratos serve duas pessoas. Antepastos de ótima qualidade pagos por peso (R$ 3,60 por 100 gramas). Claro, não faz comida de autor, cuidadosamente elaborada conforme o pedido. Para quem exige mais sofisticação, Walter Mancini, o proprietário, tem restaurante em frente com seu nome.

Famiglia Mazzutti Trattoria
Rua Jamanari, 335, Morumbi, 3744-9765 e 3746-7047 (120 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sáb. e dom. sem intervalo). Cc.: todos. T.: todos. Manobr. Couvert: R$ 3,10. Entrega em domicílio (só no jantar até 23h). Aberto em 2001. $$
O proprietário, Giulliano Mazzutti, morava na casa em que ele instalou este restaurante, cuidado por sua família. Apesar do jeitão de trattoria, tem decoração caprichada e profissionalismo no serviço. Os destaques do cardápio são o robalo grelhado ao molho de alcaparras, lula e lascas de camarão (R$ 33,60), e o risoto de frutos do mar (R$ 34,80). Porções individuais.

Ghiottone Spaghetteria
Alameda Jauaperi, 1332, Moema, 5536-0358/0948 (96 lugares). 12h/15h30 e 19h/23h (sex. e sáb. até 0h30; dom. só almoço até 17h; fecha seg.). Cc.: A e V. T.: todos (só no almoço). Manobr. (R$ 6,00).
Aberto em 2002. $$$
A grande atração da casa é a massa interativa. Você se aconselha e combina com o chef a receita, no balcão; e ele a prepara, de acordo com as instruções. Por isso, o cliente paga R$ 16,00. Se for ao bufê de antepastos, enquanto espera, mais R$ 6,00. As instalações são amplas e arejadas. Há também escolhas à la carte (contrafilé de búfalo lardeado com pancetta, R$ 24,00).

Giardino
Avenida Lavandisca, 437, Moema, 5051-0918 (168 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 0h30; dom. até 23h30). Cc.: A. Manobr. (R$ 5,00). Aberto em 1995. $$
O melhor dos três ambientes é o agradável jardim com tijolinhos à vista e teto retrátil. Como funciona sem intervalo, o cardápio traz desde sugestões rápidas, como um sanduíche de mortadela com raspas de limão (R$ 9,80), até receitas mais elaboradas, caso do risoto de frutos do mar (R$ 22,50). Mas a pedida são as pastas de fabricação própria. Às segundas, por exemplo, tem ravióli de alcachofra ao molho de creme de leite com mascarpone e nozes (R$ 18,20). O nhoque de abóbora e batata com molho de tomate fresco, camarão e abobrinha (R$ 20,80) é a dica das terças.

Gigetto
Rua Avanhandava, 63, centro, 3256-9804 (184 lugares). 11h30/15h30 e 18h30/2h (sex. e sáb. sem intervalo até 3h; dom. sem intervalo até 1h). Cc.: todos. T.: C, T e V. Manobr. (R$ 4,00). Couvert: R$ 4,90. Aberto em 1938. $$
Reduto teatral em priscas eras, orgulha-se de fazer parte da história da cidade. Ficou conhecido por reunir atores em suas mesas e pelos pôsteres de peças nas paredes. Hoje, eles já não aparecem por lá e o antigo salão ganhou nova decoração. Seus pratos, porém, continuam os mesmos. O cardápio traz mais de 200 sugestões, como capelete de carne à romanesca (creme branco com presunto picado, ervilha e cogumelo, R$ 29,00), fusilli ao sugo com braciolas (R$ 28,00) e penne gigetto (ao molho de tomate, orégano, salsinha, alho, berinjela, manjericão e martini seco, R$ 28,00). Porções para duas pessoas.

Giggo Trattoria
Rua Carlos Sampaio, 83, Bela Vista, 3253-4739 (112 lugares). 11h30/15h30 e 19h/23h (sáb. só jantar; seg. só almoço). Cc.: todos. T.: todos. Estac. no nº 157 (R$ 5,00). Couvert: R$ 3,00.
Entrega em domicílio. Aberto em 1995. $
Cantina de cardápio extenso, com muitas massas e molhos preparados com antecedência, mas também com pratos especiais, como lasanha verde e branca à bolonhesa (R$ 16,30), nhoque de abóbora com molho branco e agrião (R$ 13,60), filé giggo (recheado com mussarela e presunto, gratinado com catupiry, R$ 18,20) e badejo com molho de camarão e tomate fresco (R$ 20,00).

Il Cacciatore
Rua Santo Antônio, 855, Bela Vista, 3256-1390 (60 lugares). 12h/15h e 18h30/0h30 (sex. até 1h; sáb. só jantar 18h/1h30; dom. só almoço até 17h; fecha seg.). Cc.: todos. T.: T. Estac. no nº 820. Couvert: R$ 4,40.
Aberto em 1952. $$
Comandada pela família Caccia, é uma das melhores e mais tradicionais cantinas da cidade. A especialidade são os pratos do Piemonte e da Lombardia, com carnes preparadas à base de vinho. Entre os sucessos, brasato (lagarto cozido durante quatro horas no vinho Merlot) acompanhado de talharim (R$ 22,00). Outra dica de primeira é o coelho cozido com ervas finas e polenta (R$ 28,00). Originário da região de Mantova, ravióli de abóbora com amaretto e molho rosé (R$ 24,50). Para a sobremesa, salame de chocolate (R$ 6,80) e pudim de trigo e ricota (R$ 4,20).

Il Fornaio d'Itália
Rua Manuel Guedes, 160, Itaim Bibi, 3079-2473 (36 lugares). 12h/14h30 e 19h30/21h (fecha sáb. e dom.). Manobr. (R$ 6,00). Couvert: grátis.
Aberto em 1993. $$
Uma cantina diferente, concebida pelo italiano Vito Simone, que faz vários papéis: dono, chef de cozinha, maître e animador principal. Receitas italianas, com ingredientes muitas vezes importados da origem. Impõe reserva obrigatória de mesas e dá-se ao luxo de fechar nos fins de semana para torcer pelo Milan e se recuperar. O cardápio é recitado por ele de acordo com as disponibilidades do dia e a conta é rabiscada na toalha de papel. Isso pode perturbar alguns, mas a informalidade faz parte do clima. Antepastos para dois (R$ 20,00) e para quatro (R$ 35,00). Massas e carnes custam R$ 20,00. Meia massa e meia carne, R$ 25,00. Entre as opções, penne com rúcula e taleggio, linguine com vôngole, língua de boi, tripa com feijão, coelho, brasato, rabada, ossobuco. Boas sobremesas (R$ 7,00) e café expresso.

Il Sogno di Anarello
Rua Il Sogno di Anarello, 58, Vila Mariana, 5575-4266 (80 lugares). 19h/1h (fecha sáb. e dom.). Cc.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 6,00. Aberto em 1980. $$$
A grande atração da casa é o napolitano Giovanni Bruno, que virou figura folclórica na noite paulistana. Recebe a clientela, dá sugestões, conversa e às vezes chega a determinar o pedido. Quem tem idéia do que quer comer deve deixar bem claro. Embora nem sempre adiante. O cardápio não traz a lista de massas numa página e molhos na outra, como a maioria das cantinas. É tudo discriminado por receita. Mas os preços também são mais altos que na maioria dos congêneres. Rigatoni alla rabiata (molho de tomate e pimenta, R$ 26,00). Espaguete à napolitana (molho de tomate, alho e manjericão, R$ 26,00). Perna traseira de cordeiro, assada com ervas e corada com cogumelo e verduras (R$ 48,00).

La Buca Romana
Rua Oscar Freire, 2117, Cerqueira César, 3082-6184 (60 lugares). 12h/15h15 e 19h/23h30 (sex. até 0h; sáb. almoço até 16h e jantar até 0h; dom. sem intervalo). Cc.: todos. T.: todos. Manobr. (R$ 2,00).
Entrega em domicílio ( 3145-1748, após 19h e no almoço de dom. até 17h). Mais cinco endereços. Aberto em 1972. $
Pratos fartos a preços camaradas foi a fórmula responsável pela expansão da rede, que hoje conta com seis endereços. A carta traz 350 pratos, alguns com fotos, para facilitar a escolha. Paillard de filé com fettuccine ao sugo, R$ 16,90. Nhoque com carne assada, R$ 13,60. Cabrito com brócolis e batata corada, R$ 19,90. Peito de frango recheado com mussarela e presunto, acompanha risoto de cogumelo e açafrão, R$ 16,90.

La Trattoria
Rua Antônio Bicudo, 50, Pinheiros, 3088-3572 (120 lugares). 12h/15h e 19h/23h30 (sex. até 0h30; sáb. almoço até 16h e jantar até 0h30; dom. almoço até 16h e jantar até 22h30; seg. e ter. só almoço). Cc.: todos. T.: todos. Couvert: R$ 1,50.
Aberto em 1978. $
Cantina tradicional, simples e simpática, vizinha do Nello's, que prepara pratos com preços em conta, inspirados, com grande liberdade, em lugares toscanos e, a maioria, dentro da tradição cantineira paulistana. Entre as massas secas, rigatoni ortolano (frio, com alcaparra, pepino, ovo, salsão e tomate, R$ 12,50). Zuppa de cebola gratinada (R$ 10,00). Estrogonofe de filé (R$ 17,00). Polpettone com nhoque verde (R$ 22,00, para duas pessoas).

Lellis Trattoria
Rua Bela Cintra, 1849, Jardim Paulista, 3064-2727 (210 lugares). 11h30/16h e 19h/2h (sex. até 3h; sáb. sem intervalo até 3h; dom. e feriados sem intervalo até 1h). Cc.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 4,00. Entrega em domicílio. www.lellis.com.br. Aberto em 1987. $$
De lavador de pratos a dono de cantina. Essa foi a trajetória do baiano João Lellis, que hoje mantém apenas este endereço. A casa da Alameda Campinas, 1615 ( 3885-2698), funciona com outra administração. Ambas servem pratos previsíveis, fartos e com muito molho. No barulhento salão da Rua Bela Cintra, podem-se comer agnellotti de ricota ao creme de cogumelo seco (R$ 34,00), parafuso tricolor à romanesca (creme de leite, cogumelo, presunto e ervilha, R$ 29,50) e fettuccine aos quatro queijos (R$ 28,80).

L'Osteria do Piero
Alameda Franca, 1509, Cerqueira César, 3085-1082 (133 lugares). 11h30/15h e 19h/1h (sex. até 2h; sáb. sem intervalo até 2h; dom. sem intervalo até 0h; fecha seg.). Cc.: todos. T.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 3,50. Entrega em domicílio (até 23h30). www.losteriadopiero.com.br. Aberto em 1981. $$
Segue o mais autêntico estilo das cantinas. Camisas de time de futebol, bandeiras, garrafas de Chianti e provolones pendurados no teto e salão lotado toda noite, com invariável fila de espera. Como manda a categoria, cardápio extenso e porções fartas, suficientes para duas pessoas. Rondelli, penne, fettuccine, ravióli, capelete, lasanha, espaguete... podem ser combinados com 46 tipos de molho. A versão à italiana mistura tomate, azeite, manjericão e tirinhas de filé mignon (R$ 26,00). O ravióli de abóbora cai bem com molho pesto, R$ 23,00.

Mamarana
Rua Pará, 196, Higienópolis, 3661-8799 (115 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sáb. almoço até 15h30; dom. almoço até 16h; seg. só almoço). Cc.: D, M e V. T.: todos (só no almoço de seg. a sex.). Manobr. Couvert: R$ 4,50.
Entrega em domicílio. Aberto em 1961. $$
No aconchegante sobrado, receitas do sul da Itália, trazidas pela mamma Rosaria Ferri de Mello. Entre as sugestões, salada de alface com peru e mussarela de búfala (R$ 9,80), risoto de cordeiro com ervas (R$ 21,50) e capelete de carne ao molho de tomate e azeitona preta (R$ 16,50). No jantar, há 22 opções de pizza. Da tradicional mussarela (R$ 19,00) à gran finale (pizza de banana com canela e açúcar, R$ 19,00).

Matterello
Rua Fidalga, 120, Vila Madalena, 3813-0452 (110 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sex. até 1h30; sáb. sem intervalo até 1h30; dom. sem intervalo até 23h30). Cc.: D, M e V. Manobr. (R$ 6,00). Couvert: R$ 4,80. Entrega em domicílio (a partir das 18h). Aberto em 1993. $
Este restaurante se orgulha do preparo de molhos e comidas em fogão a lenha e de sua extensa carta de vinhos regionais italianos. Crespelle de Ceci (três panquecas de farinha de grão-de-bico, com recheios diferentes, R$ 14,75; uma só panqueca, R$ 6,40) e feijão no frasco (cozido na garrafa, com calabresa, bacon, temperos, acompanhado de arroz e farinha de mandioca; só nos fins de semana, R$ 14,60). Tem sugestões para crianças. A carta de vinho, com dezessete regiões italianas, mostra preços em conta, muitos na faixa de R$ 15,36 a R$ 49,57. Boas ofertas do Rio Grande do Sul, incluindo as vinícolas Dal Pizzol e Don Laurindo, nem sempre fáceis de achar.

Nello's
Rua Antônio Bicudo, 97, Pinheiros, 3082-4365 (77 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. almoço até 17h e jantar até 23h; fecha seg.). Cc.: D, M e V. T.: C, T e V (só no almoço de ter. a sex.). Estac. no nº 90 (R$ 3,50 por duas horas). Couvert: R$ 2,00. Aberto em 1974. $
Uma cantina que atrai clientes de vários bairros, em razão dos preços em conta e da aura do ex-ator Nello De Rossi, que toca o restaurante. Nas saladas, puntarelle alla romana (catalônia com molho de aliche, R$ 7,50). Entre as massas italianas, rigatoni com molho de tomate apimentado (arrabiata, R$ 10,50). Nhoque de batatas (R$ 11,00). Fígado à veneziana (R$ 12,00). Saltimboca alla romana com purê (R$ 16,00). Lula frita à dorée (R$ 15,00).

Pasta & Vino
Rua Barão de Capanema, 206, Jardim Paulista, 3081-8747 (250 lugares). 24 horas. Cc.: todos. T.: todos. Manobr. (R$ 3,00 das 11h às 16h; R$ 5,00 das 16h às 7h). Couvert: R$ 3,70.
Entrega em domicílio. www.pastaevino.com.br. Aberto em 1992. $$
Aberto 24 horas, reúne habitués, gente que passa e gente do bairro, que compartilham desde especialidades da casa, com preços em conta, em dias certos, até pratos à la carte, que são mais caros. Virado à paulista (segunda-feira, R$ 10,00). Nhoque della vittoria (terça e quinta, com molho de tomate e rocambole de carne recheado com presunto e mussarela, R$ 10,00). Saltimboca alla romana (R$ 25,20). Badejo grelhado com alcaparra, camarão, cogumelo e batata sautée (R$ 48,00). Bom serviço de bar.

Roperto
Rua Treze de Maio, 634, Bela Vista, 288-2573 e 3284-2987 (100 lugares). 11h30/15h30 e 19h/1h (sáb. e dom. sem intervalo). Cc.: D, M e V. T.: todos. Estac. c/manobr. Couvert: R$ 3,00 (almoço) e R$ 4,00 (jantar). Entrega em domicílio. www.cantinaroperto.com.br. Aberto em 1942. $$
Uma das primeiras a abrir as portas no Bixiga. Sua cozinha continua investindo nas receitas do sul da Itália, como o fusilli ao sugo (R$ 20,00). Mas o prato que atrai a clientela é o saboroso polpettone, aqui batizado de ropertone (bolo de carne achatado, recheado de queijo e presunto, com molho ao sugo, R$ 19,00).

Trattoria Belvedere
Rua Rui Barbosa, 172, Bela Vista, 288-5363 (90 lugares). 11h30/16h e 19h/0h30 (sex. e sáb. até 2h; dom. até 0h). Cc.: todos. T.: todos. Manobr. Couvert: R$ 3,20 (almoço) e R$ 4,20 (jantar). Aberto em 1997. $$
O italiano Sesto Petrollini abriu uma série de restaurantes em São Paulo e depois passou-os adiante. Atualmente, mantém esta casa típica decorada com garrafas de vinho e cachos de uva de plástico. Serve massas triviais de fabricação própria, como conchiglia aos quatro queijos (R$ 25,50) e nhoque com polpetta (R$ 25,50). Porções para duas pessoas. No jantar, o proprietário vai de mesa em mesa, acompanhado por um acordeonista, cantando velhos sucessos em italiano.

Villa Tavola
Rua Treze de Maio, 848, Bela Vista, 288-9747/5673 (250 lugares). 24 horas. Cc.: todos. T.: todos. Manobr. (R$ 3,00). Couvert: R$ 5,00.
Entrega em domicílio. www.villatavola.com.br. Aberto em 2001. $$
Aberto 24 horas, o bonito casarão chama a atenção de quem passa pela rua. Do lado de dentro, há vários salões para refeições, bar, doçaria, gelateria, livraria e cibercafé. O cardápio sem fim lista risotos, massas, carnes, peixes e frutos do mar. Espaguete ao vôngole, R$ 40,00. Lasanha alla pugliese (com tomate seco, presunto e mussarela de búfala), R$ 22,00. Estrogonofe de camarão, R$ 57,00. Filé ao molho mostarda (R$ 45,00). Porções para duas pessoas.

 

Jardim de Napoli

 
Heudes Régis

O garçom Braz Zacarias: só não espera quem chega cedo

O restaurante se autodenomina "a casa do polpettone". E com razão, porque a receita com carne moída, recheada de mussarela, coberta de molho de tomate e parmesão ralado (R$ 20,00), atrai e conquista paladares de multidões. Não é fácil encontrar lugar se não se chega cedo. Mesmo com a negativa de aceitar cartão de crédito, a clientela acostumou-se aos tira-gostos e às bebidas que tornam a espera menos difícil. Há muitos outros pratos nesta cantina, incluindo boas pizzas, mas o polpettone ofusca os demais. O serviço sabe tudo e transita pelas mesas atendendo aos 126 lugares do restaurante. Outras receitas: penne ao sugo (R$ 16,00), pappardelli com molho de tomate e pedacinhos de filé mignon (R$ 20,00) e filé com cogumelos shiitake (R$ 23,00). Entre as sobremesas, salada de frutas com chantilly (R$ 5,00). No comando da casa, a família Buonerba garante as receitas culinárias há 53 anos.

Rua Doutor Martinico Prado, 463, Higienópolis, 3666-3022 (126 lugares). 12h/15h e 18h30/0h (sáb. e dom. almoço até 16h). Estac. c/manobr. Aberto em 1949. $$

 
Alemães Grego
Árabes Indianos
Armênio Italianos
Asiáticos Italianos/cantinas

Brasileiros

Japoneses
Carnes Judaicos
Carnes/rodízios Marroquinos
Chineses Mexicano
Coreanos Naturais
Cozinha contemporânea Peixes e frutos do mar
Cozinha rápida

Pizzas

Cubano Portugueses
Escandinavo Quilo

Espanhóis

Suíços
Franceses Variados

 

         
     
 
 
VEJA on-line | Veja São Paulo | VEJA Noite São Paulo
copyright © 2002 . Editora Abril S.A. . todos os direitos reservados