Carta ao leitor
Turismo
As 112 maravilhas
A melhor do Brasil
Bahia
Novos destinos
Para agitar
Para descansar
Hotéis de luxo
O melhor navio para famílias
O melhor navio para casais
Outros transatlânticos
O melhor navio para solteiros
O melhor cruzeiro temático
Os melhores destinos
Os melhores destinos de mergulho
Os melhores destinos
Novos destinos
Novos destinos
Os melhores destinos
Destinos históricos
Destinos de interior
Destinos culturais
Destinos de negócios
Custo-benefício
Categoria luxo
Categoria charme
Resorts
Hotéis com spa
Hotéis-fazenda
Categoria negócios
Categoria design
Suítes presidenciais
Parques aquáticos
Parques
Jurados de turismo
Gastronomia
Cozinhas e balcões
O melhor restaurante
do Brasil
A melhor carta de vinhos
O chef dos chefs
Receita do chef
dos chefs
Belém
Belo Horizonte
Brasília
Curitiba
Espírito Santo
Fortaleza
Goi‚nia
Manaus
Natal
Porto Alegre
Recife
Rio de Janeiro
Salvador
Santa Catarina
São Paulo
São Paulo Interior
São Paulo Litoral
   
 

RESTAURANTES
FORTALEZA

CANTINA CARAVAGGIO
O chef Antonio Ximenes de Oliveira trabalhou por duas décadas em reconhecidos restaurantes do Rio de Janeiro. O cardápio tem pelo menos cinqüenta itens. As massas são frescas e preparadas artesanalmente, à exceção do penne, do espaguete e do capellini, importados da Itália. Rega-se tudo com um dos vinte tipos de azeite trazidos principalmente da Itália e da Grécia. O ossobuco com risoto arbóreo preparado no sugo da própria carne é uma das deliciosas receitas da casa (R$ 31,00). A sugestão para a sobremesa é a surpresa caravaggio, um sorvete de creme, brigadeiro crocante, marsh-mallow e calda de chocolate (R$ 8,00).
Rua Professor Dias da Rocha, 199, Varjota, (85) 3242-4703.

ALEJANDRO HUERTA
Nascido em Santiago, no Chile, o chef Alejandro Huerta recolheu influências dos lugares em que viveu: São Paulo, onde trabalhou na A Figueira Rubayat, e Barcelona. Desde janeiro ele empresta seu talento ao restaurante Café Matisse. Ali, inventa e reinventa receitas contemporâneas com pitadas da culinária mediterrânea e da cozinha regional. Em sua despensa não faltam temperos universais como azeite de oliva e ervas frescas, mas o chef se permite alguns cruzamentos inusitados, a partir de ingredientes nordestinos como a carne-de-sol, a castanha-de-caju e a mandioca.

EXPAND STORE
São cerca de 1 000 rótulos, que podem ser comprados pelos clientes do restaurante a preços de prateleira. Há chardonnays com excelente relação qualidade-preço, como o chileno Marques de Casa Concha (R$ 76,00), assim como rótulos ícones como o Montrachet Romanée-Conti Safra 99 (R$ 8 500,00).
Avenida Santos Dumont, 3131, 1º piso, lojas 102 a 104, Shopping Del Paseo, (85) 3456-3377. www.expandfortaleza.com.br.

Brasileiro

COLHER DE PAU
O cardápio de alma cearense privilegia pratos típicos com o tempero caseiro da proprietária Vilmar Campos. É bem procurada a carne-de-sol completa, servida com baião-de-dois, paçoca, banana frita, macaxeira e batata-doce (R$ 27,00). A casa também prepara bons peixes, como o sirigado grelhado com molho de maracujá ou requeijão (R$ 29,00).
Rua Frederico Borges, 206, Varjota, (85) 3267-3773. www.restaurantecolherdepau.com.br.  

Carne

MURANO GRILL
Os cortes são trazidos da Argentina e dos Estados Unidos. Todos provêm de gado abatido aos dezoito meses. O preparo é feito na grelha a carvão, sob o olhar atento do chef Luiz Amorim. O menu lista bife de chorizo, bife de lomo, ojo de bife, bife de tira, picanha, t-bones e cordeiro. O rib eye, parte macia do contrafilé (R$ 32,00), é acompanhado de farofa puxada na manteiga com azeitonas pretas, cebola, ovos mexidos, batata palha e lingüiça (R$ 6,90).
Rua Desembargador Moreira, 1763, Aldeota, (85) 3268-1858.

Contemporâneo

GRAND CRU
A jovem chef e sommelière Natalie Pinheiro está à frente desse charmoso bistrô. Antes de fazerem os pedidos, os clientes escolhem seu vinho dentre os 400 rótulos da loja. O destaque entre os pratos principais é o camarão bordeaux, recheado com damasco e servido com risoto de queijo sobre abacaxi (R$ 41,00).
Rua Carolina Sucupira, 975-A, Aldeota, (85) 3261-1050.

Francês

LE PARISIEN
No salão há uma minibiblioteca com títulos de gastronomia e quadrinhos de Montmartre, bairro parisiense onde o chef Hervé Tassigny viveu. Ele aconselha a começar a refeição pelos mexilhões gratinados (R$ 12,50). Em seguida, peça o pato ao molho de laranja caramelada com risoto de parmesão (R$ 32,50). A marquise ao chocolate com morango cai bem na sobremesa (R$ 9,50).
Avenida Júlio Abreu, 131, Varjota, (85) 3267-6746. www.leparisienrestaurant.com.

Oriental

KINGYO RESTAURANT
No salão principal fica um aquário natural com kingyios, peixes dourados. Da cozinha saem pratos como o tyawamushi trufado, pudim de ovos com vieiras e shimeji aromatizado com azeite (R$ 39,00). O kaisso, prato de frutos do mar grelhados na chapa e guarnecidos de risoto de shimeji e shiitake, sai a R$ 45,00. O prato da casa tem 45 unidades de sushi de ovas e enguia japonesa, peixe, polvo e camarão (R$ 85,00).
Rua Pereira Valente, 1520, Varjota, (85) 3267-3033.  

Pescado

CEMOARA
A casa não trabalha com crustáceos de viveiros. A mesma preocupação ambiental ocorre com as lagostas que serve, nunca com menos de 13 centímetros de cauda, conforme exige o Ibama. Faz sucesso o camarão do mar no coco verde, flambado e puxado no leite de coco e ervas finas, oferecido na fruta e guarnecido com purê de batata e geléia de acerola (R$ 37,00).
Rua Joaquim Nabuco, 166, Hotel Mercure Meireles,
Meireles,
(85) 3242-8500. www.cemoara.com.br.

Pizzaria

VIGNOLI
Nas duas unidades com ambientes ao ar livre, os vinte sabores de pizza são feitos em forno a gás. No preparo da massa há 50% a menos de sódio do que em uma receita tradicional e nada de óleo, ovos ou leite. Já os recheios levam molho de tomate artesanal. As sugestões são a de shiitake ao vinho branco (R$ 25,80 a grande) e a calabresa especial, feita com pasta de calabresa temperada e mussarela de búfala (R$ 25,80 a grande).
Rua Frederico Borges, 125, Rua Silva Jatahy, 1600,
Varjota,
(85) 3267-9450.  

Variado

LE DINER
Funciona num complexo com loja de conveniência, livraria e posto de gasolina. No menu, há pratos inspirados nas culinárias francesa e chinesa. Dessa fusão, surgem coisas como os cogumelos picantes, frescos, grelhados com molho de pimenta-vermelha seca (R$ 18,00) e o pato crocante com gengibre e arroz colorido (R$ 44,00). Para a sobremesa, a pêra cozida ao mel com creme de menta e sorvete de creme caseiro (R$ 10,00).
Avenida Santos Dumont, 3636, Estação Dominique,
Aldeota,
(85) 3224-2627.

Quinta-feira, dia de caranguejo

Beach Park: o melhor caranguejo de Fortaleza

Embora o crustáceo seja encontrado diariamente em muitos bares e restaurantes da cidade, a Praia do Futuro é o ponto de encontro dos aficionados de caranguejo. Nas noites de quinta-feira, o crustáceo é a grande estrela das dezenas de barracas espalhadas pela orla, ao longo da Avenida Zezé Diogo. Até a madrugada, elas travam uma ferrenha disputa para atrair o maior público. Tradicional, a do Chico do Caranguejo foi responsável por lançar a moda da caranguejada às quintas, e o proprietário ainda distribui o crustáceo a vários concorrentes. Cada unidade custa R$ 3,00, e as atrações da noite incluem show de humor e forró pé-de-serra ao vivo (R$ 20,00). Point de esportistas, a Vira Verão funciona até as 2 horas e recebe turistas, famílias e turmas de toda parte da cidade. O petisco sai por R$ 2,95, e, a partir das 21h, o público se anima com o show de pop rock (é cobrado um couvert simbólico de R$ 1,00). A Crocobeach é famosa pela infra-estrutura, que tem cibercafé, parque aquático infantil, salão de beleza, espaço para massagem e quiosques espalhados pela praia, cercada de coqueiros. O caranguejo custa R$ 2,95 e vai bem com a cerveja gelada. O melhor caranguejo de Fortaleza, segundo o júri de VEJA Fortaleza, está no Beach Park, a barraca de 600 metros quadrados que acomoda até 1 200 pessoas em mesas sob coqueiros do Porto das Dunas. O crustáceo vem do Maranhão, em caminhões refrigerados, duas vezes por semana. A receita de maior sucesso é o caranguejo beach park. São quatro unidades servidas num caldo especial, cuja receita não é revelada. Custa R$ 20,00. Como a praia é isolada, a barraca funciona pela manhã e à tarde, até 17h30, de sexta a terça. Na alta temporada, abre diariamente.

BEACH PARK. Rua Porto das Dunas, 2734, Porto das Dunas, Aquiraz, (85) 4012-3000. www.beachpark.com.br.
CHICO DO CARANGUEJO. Avenida Zezé Diogo, 4930,
(85) 3262-0108.
CROCOBEACH. Avenida Zezé Diogo, 3125,
(85) 3265-6667.
VIRA VERÃO. Avenida Zezé Diogo, 3345,
(85) 3262-6227.

BARES

Boteco
BAR DO ARLINDO
Os clientes mais fiéis não voltam para casa sem antes "bater o ponto" num antigo relógio de cartões que ajuda a decorar o local.
Rua Joaquim Nabuco, 2186, Dionísio Torres, (85) 3268-1436.  

Chope
BOTECO
O cardápio tem cerca de noventa tentadores itens e chope cremoso que chega à mesa a 3 graus negativos.
Avenida Antônio Sales, 3177, Dionísio Torres, (85) 3461-2872.

Happy hour
PICANHA DO COWBOY
A porção de 100 gramas da já famosa picanha sai por R$ 4,90.
Avenida Dom Luís, 685, Aldeota, (85) 3261-4491.  

Música ao vivo
DEGUSTI
Promove shows de jazz, blues e soul na terça, pop rock na quarta, na quinta e no sábado. Às sextas tem rock e, no domingo, MPB e bossa nova.
Rua Vilebaldo Aguiar, 352, Parque do Cocó, (85) 3262-1719.

Para dançar
BUONI AMICI'S SPORT BAR
O casarão de 1919 tem repertório eclético – samba e suas vertentes regionais, como carimbó, além da nova MPB.
Rua Dragão do Mar, 80, Centro Cultural Dragão do Mar, Praia de Iracema, (85) 3219-5454. www.buoniamicis.com.br.  

Para ir a dois
CAFÉ PAGLIUCA
Na quarta, quinta e sábado, música tocada ao piano embala os casais.
Rua Barbosa de Freitas, 1035, Aldeota, (85) 3224-1903. www.cafepagliuca.com.br.

Para paquerar
FAFI BAR
Como a casa está sempre cheia, até as mesas da calçada ficam tomadas.
Rua Norvinda Pires, 55, Aldeota, (85) 3261-3049.