William e Kate pedem 1,5 milhão de euros a revista por topless

As fotos foram tiradas quando o casal passava férias no palacete de um primo de William em Provença, no sul da França

Os duques de Cambridge, William e Kate, estão exigindo 1,5 milhão de euros (cerca de 5 milhões de reais) da revista francesa Closer, especializada em notícias de celebridades, por ter publicado fotos da duquesa de topless em 2012. Além disso, o casal real britânico reivindica uma multa de 50 000 euros ao jornal regional francês La Provence por ter divulgado outra fotografia de Kate em traje de banho.

As fotos foram tiradas quando o casal passava férias no palacete de Lorde Linley, primo de William, em Provença, no sul da França, e sua publicação despertou a fúria da família real britânica.

Concretamente, as imagens da Closer foram publicadas posteriormente em outras revistas europeias, como a italiana Chi, a sueca Se och Hör e sua equivalente dinamarquesa Se og Hoer.

A família real britânica teceu inúmeras críticas às fotos, afirmando que o ocorrido lembrava “os piores excessos da imprensa e dos paparazzi durante a vida de Diana, a princesa de Gales”, o que era “ainda mais perturbador para o duque e a duquesa”.

O processo na França será julgado no Tribunal Correcional de Nanterre, nos arredores de Paris, por afronta e cumplicidade contra a intimidade da vida privada.

(Com agência EFE)