Tupac terminou com Madonna por ela ser branca, revela carta

"Senti que por causa da minha ‘imagem’ eu estaria decepcionando metade das pessoas que me fizeram ser quem eu achava que era", diz o rapper

Madonna virou notícia em 2015, depois de revelar que ela chegou a namorar o rapper Tupac Shakur, que foi assassinado em 1996. Agora, um detalhe sobre o relacionamento veio à tona com a divulgação de uma carta que Tupac enviou à cantora quando estava preso por abuso sexual, em janeiro de 1995. No texto, cujos trechos foram divulgados pelo site TMZ, o rapper explica que terminou o namoro por Madonna ser branca.

“Você consegue entender isso?”, diz ele. “Você ser vista com um homem negro não ameaça de maneira alguma a sua carreira. No máximo, faria com que você parecesse muito mais aberta e excitante. Mas para mim, ao menos na minha percepção anterior, eu senti que por causa da minha ‘imagem’ eu estaria decepcionando metade das pessoas que me fizeram ser quem eu achava que era. Nunca quis te machucar.”

Ele continua, citando que Madonna teria falado em uma entrevista que “iria reabilitar todos os rappers e jogadores de basquete”. “Essas palavras calaram fundo em mim já que eu não sabia que você tinha ficado com outros rappers além de mim. Foi nesse momento de dor e respondendo a um instinto natural para revidar e defender o meu coração e o meu ego que eu disse um monte de coisas”, diz.

“Você me entende? Nesse período, como você pode ver, eu cresci espiritualmente e mentalmente. Não me importo mais com a maneira como eu sou visto. Por favor, entenda meu posicionamento anterior como a de um jovem rapaz com experiência limitada junto de um símbolo sexual extremamente famoso.”

Ele continua. “Eu ofereço minha amizade de novo, dessa vez mais forte. Se você estiver interessada, eu gostaria de discutir mais esse assunto com você, mas algumas coisas não podiam esperar. Me senti forçado a dizer… só caso algo aconteça comigo”, disse. “Por favor, tome cuidado, Madonna. As pessoas não são tão honradas como parecem, há aquelas cujos corações sangram de inveja e maldade. Elas não hesitariam em te prejudicar! Deixem que as minhas seis balas sejam provas disso!”

Depois de assinar a carta, ele ainda mandou outro recado. “Não sei como você se sentiria vindo me visitar, mas se você quiser, do fundo do seu coração, eu adoraria conversar cara a cara com você. É engraçado, mas essa experiência me ensinou a não encarar o tempo como algo garantido.” Tupac morreu no hospital em setembro de 1996, dias depois de levar quatro tiros enquanto estava em um carro nas ruas de Las Vegas.

A carta será leiloada entre 19 e 28 de julho pelo site Gotta Have Rock and Roll, com lance inicial de 100.000 dólares (331.000 reais, aproximadamente).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. mulher branca são umas PU TAS universais mesmo.

    Curtir

  2. Rodrigo Alexandre F. Lemos

    A putona da sua mãe é a rainha das galinhas pretas, Paulo Silva.

    Curtir