Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tom Hanks pode ser herói em novo filme de Clint Eastwood

Cineasta vai dirigir longa sobre o piloto que fez um pouso de emergência no rio Hudson, em 2009

Clint Eastwood e Tom Hanks têm um histórico em retratar heróis americanos. As produções mais recentes de ambos seguem por esse caminho: Eastwood, com Sniper Americano, sobre o maior atirador de elite das Forças Armadas dos Estados Unidos, e Hanks como capitão Phillips, do longa homônimo lançado em 2013. Agora, o cineasta e o ator devem se juntar no longa Sully, sobre o capitão Chesley “Sully” Sullenberger, piloto que salvou 155 passageiros ao realizar um pouso de emergência no rio Hudson, em Nova York, no ano de 2009.

LEIA TAMBÉM:

Piloto do Airbus vira ‘herói’

Piloto-herói e tripulação recebem as chaves da cidade de Nova York

Avião que pousou no rio Hudson será vendido

De acordo com a revista americana Variety, Hanks está próximo de fechar contrato para atuar no longa sobre o “milagre do Hudson”, que já tem Eastwood confirmado como diretor. A história é conhecida. Em 15 de janeiro de 2009, Sullenberger pilotava o avião Airbus A320 quando atingiu um bando de gansos canadenses logo após decolar do aeroporto La Guardia, em Nova York. Os motores foram prejudicados pela colisão, o que causou o pouso de emergência. Devido à habilidade do piloto, todas as pessoas à bordo sobreviveram.

Sully será baseado no livro Highest Duty: My Search for What Really Matters (Maior dever: minha procura pelo o que realmente importa, em tradução literal), escrito por Sullenberger e que figurou entre os mais vendidos na lista do jornal New York Times. A adaptação do livro, sem lançamento em português, ficou sob a responsabilidade de Todd Komarnicki, que fez o roteiro de A Estranha Perfeita (2007).