‘Sei que você estava fora de si’, diz viúva em carta a Chris Cornell

Vicky Cornell escreve carta para o vocalista das bandas Audioslave e Soundgarden que se suicidou na última semana

Vick Cornell, a esposa do vocalista das bandas Audioslave e Soundgarden, escreveu uma carta de despedida para o marido, que foi encontrado morto no último dia 19. Chris Cornell estava em um hotel em Detroit, após um show na cidade, e a polícia concluiu que o músico enforcou no banheiro, onde foi achado com uma faixa em volta do pescoço. Na carta, divulgada pela revista Billboard, Vick diz que sabe que Chris não era ele mesmo na noite do acontecido e ainda pediu desculpas por não estar ao seu lado no dia.

A esposa, que a princípio refutou a tese de que Chris Cornell havia cometido suicídio, afirmou: “Você sempre disse que eu te salvei e que não estaria vivo se não fosse por mim (…) Nós tivemos os anos das nossas vidas na última década e eu sinto muito, meu amor, que não vi o que havia acontecido com você aquela noite”.

Vick ainda disse que seus filhos também sabem que o vocalista não era ele mesmo naquela noite e que ele poderia “descansar em paz”.

A viúva declarou o seu eterno amor pelo músico e disse que ele “estava certo ao dizer que nós dois somos almas gêmeas. É dito que os caminhos que se cruzaram se cruzarão novamente. Sei que você virá me encontrar e eu estarei aqui esperando”.

A homenagem foi feita depois que o corpo de Chris Cornell foi cremado em uma cerimônia fechada em Los Angeles, com amigos e parentes.