SBT, Record e RedeTV! já preveem retomar audiência sem operadoras

SBT, Record e RedeTV sinalizam o restabelecimento total do Ibope, comparado ao período anterior ao desligamento do sinal analógico

A Rede Record, SBT e RedeTV já avistam a recuperação “quase total” da audiência perdida ao deixar o catálogo das operadoras pagas, com quem travam uma guerra pelo repasse de uma parcela da mensalidade de seus assinantes. Em 29 de março deste ano — quando o sinal de TV passou a ser exclusivamente digital na capital paulista — as três emissoras saíram do menu da Claro e da NET. A partir daí, os canais perderam boa parte de sua audiência. Disponíveis, como sempre foram, fora do catálogo das operadoras, porém, Record, SBT e RedeTV! começam a verificar o retorno da audiência, que parece já sintonizá-las sem um decodificador.

Segundo levantamentos da Simba Content, empresa que representa a Record, SBT e RedeTV!, cerca 35% a 75% do Ibope registrado em São Paulo na semana anterior ao “apagão do sinal” foi recuperado. Tal restabelecimento era esperado depois de noventa dias — período estipulado pelos especialistas para os espectadores adotarem rotas alternativas para assistir aos canais em questão, como a instalação de kits de conversão digital nos televisores.

Para voltar a fazer parte da grade de TVs por assinatura, os canais da Simba pedem o repasse de uma porcentagem do lucro que as operadoras recebem por transmitir seu sinal digital.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. SOMOS UM SÓ!

    Os programas da Record já foram vistos na poderosa; os da Redetv podem sumir que não farão falta, e o Sbt é a opção adocicada sem grandes atrativos. Na verdade, não fazem falta.

    Curtir