Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rhoncus Pub & Beer Store: a melhor carta de cervejas em Salvador

Especialista no assunto, o dono da casa seleciona as bebidas e desenvolve rótulos próprios

Não se prenda à versão impressa da carta. No bar premiado pelo júri de VEJA COMER & BEBER, o melhor é consultar as garrafas enfileiradas em uma prateleira de madeira posicionada diante da porta de entrada. Ficam ali as novas descobertas do proprietário, Guilherme Pauperio, que trabalha com distribuição da bebida e faz frequentes viagens em busca de marcas pouco conhecidas. A boa notícia para os fãs do universo cervejeiro é que há novidades quase todas as semanas. Com pelo menos 100 sugestões, a seleção privilegia produções nacionais, entre elas as provenientes do Rio Grande do Sul, estado de origem de Pauperio. Vêm justamente da capital gaúcha, da cervejaria Polvo Loco, dois rótulos próprios, caso da Rhoncus Loco (R$ 29,00, 500 mililitros), uma double IPA, e da 3 Mundos (R$ 29,00, 500 mililitros), IPA com lúpulos de três continentes. Entre as paulistas, fazem sucesso a Doktor Bräu Psicót’IPA (R$ 29,00, 500 mililitros), uma american IPA, e outra receita própria, a Inocente (R$ 26,00, 600 mililitros), pilsen produzida pela Hoffen, da cidade de Votorantim. Leve, a bebida vai bem com a dupla de salsichões, um suíno e um bovino, servidos na companhia de mostarda (R$ 34,00). Em ambiente escurinho com clima de pub, os brindes são animados por shows de blues às quintas e de rock às sextas e aos sábados. Rua Oswaldo Cruz, 122, Rio Vermelho, ☎ 3019-4344 (160 lugares). 18h/23h (qui. a sáb. até 3h; fecha dom. a ter.). Aberto em 2014.

O ambiente do Rhoncus Pub & Beer (Ligia Skowronski/VEJA)

2º lugar: Vitrine da Cerveja
O negócio começou com uma loja on-line de cervejas artesanais. Seis meses depois, a marca ganhou um ponto de venda, onde é possível encontrar 250 rótulos de bebidas nacionais e importadas. As sugestões mais procuradas são as do estilo IPA, bem lupuladas, como as brasileiras Bierland (R$ 22,50, 500 mililitros) e Hocus Pocus Overdrive (R$ 38,90 a lata de 473 mililitros). O local conta também com seis torneiras de chope. A caneca de 330 mililitros preenchida com a bebida da marca Madalena custa R$ 10,00 e com a da Dogma El Dorado, R$ 20,00. Para petiscar, há empanadas nos sabores margherita, carne ou cebola e queijo (R$ 9,00 cada uma). Alameda Beneveto, 245, loja 101, Parque Júlio César, Pituba, ☎ 2137-0669 (40 lugares). 9h/20h (qui. e sex. até 22h; sáb. até 21h; fecha dom.). Aberto em 2013.

3º lugar: Espaço Cultural D’Venetta
Em um charmoso casarão, o bar passou a preparar algumas receitas vegetarianas. Uma delas é a moqueca de banana-d’água, com farofa de azeite, pirão e feijão-fradinho (R$ 52,00, para duas pessoas). Outra novidade, dessa vez para os carnívoros, é o jabasinesse, que consiste em tomates recheados com vinagrete, cuscuz de milho com goiaba, tomate seco e carne-seca com cogumelo-de-paris (R$ 55,00, para duas pessoas). Para matar a sede, vale a pena provar o drinque amor e paixão (R$ 15,00), com amora e morango, mas é mesmo a seleção de cervejas artesanais que faz a festa da clientela. Entre as garrafas expostas em um armário de madeira, dá para escolher o rótulo de fabricação própria (R$ 25,00, 500 mililitros). Rua dos Adobes, 12, Santo Antônio Além do Carmo, Centro Histórico, ☎ 3243-0616 (150 lugares). 18h30/23h30 (sáb. a partir das 12h; dom. 12h/18h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2009.