Restaurantes de comidas variadas e contemporâneas em Porto Alegre

Confira os endereços que valem a visita; mais boas opções de categorias como árabes, mexicanos e bufê

O roteiro a seguir, com 44 estabelecimentos, integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER PORTO ALEGRE 2017/2018:

 

Hashi Art Cuisine – Eleito pelo júri o melhor restaurante de cozinha variada/contemporânea

O conteúdo da adega climatizada deste restaurante representa bem a forma como a cozinha de seu idealizador, o chef Carlos Kristensen, evoluiu nos últimos anos. Em temperatura controlada, garrafas de vinho de várias partes do mundo dividem espaço com peças de queijo, em sua maioria do tipo serrano, provenientes da região de Campos de Cima da Terra e que só vão à mesa após pelo menos sessenta dias de cura. Movimento semelhante pode ser observado no cardápio: o capítulo dedicado aos sushis permanece ali, mas é cada vez maior a presença de ingredientes e receitas do estado. O projeto batizado de Internacionalmente Local, cujo objetivo é valorizar os pequenos produtores da região, é apresentado em uma sucessão de sete etapas (R$ 138,00), que pode começar com uma crocante polenta de milho crioulo coberta por ragu de cogumelo e broto de agrião. Kristensen prepara outros dois menus de inspiração mais variada, um com oito etapas (R$ 250,00, com uma taça de espumante) e disponível somente de segunda a quinta-feira sob reserva, e o outro que abarca seis pratos elaborados na parrilla (R$ 190,00). No serviço à la carte, também é grelhado no calor da brasa o peito de pato no sal grosso, que chega à mesa bem rosado, em companhia de legumes tostados e um molho à base de vegetais (R$ 89,00). As fusões se mantêm na sobremesa, em alternativas como o francês creme brûlé, que ganha versões de doce de leite (R$ 24,00) e goiaba (R$ 26,00). Em tempo: apesar da presença dos laticínios, os bebedores podem ficar despreocupados porque a adega segue bem fornida, abrigando parte dos 250 rótulos da carta, caso do australiano Fox Creek Shadow’s Run Shiraz Cabernet Sauvignon 2009 (R$ 236,00).

Rua Desembargador Augusto Loureiro Lima, 151, Bela Vista, (51) 3328-0005 (100 lugares). 19h30/0h (fecha dom.). Aberto em 2005. $$$$

 

2º Lugar – Del Barbiere

É comum encontrar casas que reservam insumos triviais e preparações básicas para o almoço a preço fixo. Esse não é o caso do Del Barbiere. Como não há serviço de jantar no lugar, todas as atenções de Marcelo Schambeck, eleito o chef do ano nesta edição, voltam-se para a sequência em três etapas oferecida de terça a sexta a R$ 55,00 por pessoa. Os pratos, de apresentação cuidadosa, são antecedidos pelo pão da casa, com malte em sua composição. A seleção de receitas, que muda todos os meses e privilegia produtos da estação, pode levar à mesa entradas como o consomê de cogumelos com pinhão, feijão moyashi e dill. Há chance de a refeição continuar com o spatzle de manjericão mais camarão, tomate, abobrinha e brócolis ou com a polpetta suína ao molho de tomate sobre polenta cremosa guarnecida de vagem, farofa de pão e salsinha frita. No arremate, doces simples agradam pelos sabores afinados, caso do branquinho de café com crocante de bolo de laranja e compota feita com a casca da mesma fruta. Aos sábados, essas receitas dão espaço a uma abordagem mais contemporânea, e a refeição é composta de seis etapas (R$ 98,00), que incluem uma seleção de queijos nacionais. Para acompanhamento, há opções de vinho listadas em uma lousa — entre elas, o Aracuri Identidade RS Chardonnay (R$ 100,00), um rótulo próprio.

Rua Jerônimo Coelho, 188, Centro Histórico, (51) 3019-4202 (28 lugares). 9h/15h (fecha seg. e dom.). Aberto em 2009. $$

 

3º Lugar – Mandarinier Gastronomia

A casa vem se consagrando como um dos principais lugares para almoçar na cidade — por isso, é prudente fazer reserva. Nos bastidores, os chefs Leonardo Magni e Liliana Andriola preparam menus fechados que custam R$ 41,00, de terça a sexta, e R$ 62,00, aos sábados. Uma possibilidade de sequência é a salada com rosbife, beterraba, couve e queijo coalho seguida por arroz com cogumelos, ovo e bacon. Alegra o fim da refeição o semifreddo com castanhas e laranja. Uma sexta-feira por mês, mediante reserva, é servido jantar, a R$ 95,00 por pessoa.

Rua Alberto Torres, 228, Cidade Baixa, (51) 3517-7703 (30 lugares). 11h45/14h30 (sáb. 12h/15h30; fecha dom.). $$

 

ALEMÃO

Prinz

O lombo suíno acomodado sobre o pão preto, com tomate, pepino e molho quente de carne (R$ 32,00), ajudou a consolidar a casa, que chega aos 52 anos. Outro prato de resistência é o filé à milanesa, servido com molho de nata e salada de batata (R$ 60,00) ou recheado de presunto e queijo com pepino, azeitona e tempero verde (R$ 50,00). Faz boa companhia para as receitas o chope Brahma (R$ 8,70, 340 mililitros).

Avenida Dom Pedro II, 1469, São João, (51) 3383-0675 (96 lugares), 18h/23h (fecha dom.). Aberto em 1965. $

 

ÁRABES

Al Nur

Cafta, tabule, babaganuche, quibe frito, berinjela gratinada, pastas e outras receitas de origem libanesa circulam pelo salão. O serviço custa R$ 57,10 por pessoa. À la carte, a salada chancliche (R$ 19,15), servida com o queijo árabe, cebola, tomate e salsa, vai bem ao lado do quibe cru temperado com hortelã e cebola (no mesmo valor).

Rua Dona Leonor, 15, Rio Branco, (51) 3330-8609 (80 lugares). 11h30/14h30 e 18h30/23h30 (sex. e sáb. almoço até 15h e jantar até 0h; dom. almoço até 15h e jantar até 23h). Mais dois endereços. Aberto em 1989. $$

 

Baalbek

Em sistema de rodízio, circulam pelo salão 26 receitas (R$ 56,90 por pessoa). Esfihas, coalhada, homus, quibe cru e assado e outras pedidas típicas compõem a comilança. Para aqueles que preferem o serviço à la carte, há falafel (R$ 5,60 a unidade), michui de carne (R$ 18,10) e tabule (R$ 14,50). A dose de araque sai a R$ 16,00.

Rua Doutor Timóteo, 272, Floresta, (51) 3222-6272/5805 (150 lugares). 11h30/14h e 18h30/23h30 (sáb. e dom. almoço até 15h; dom. jantar até 22h30; fecha seg.). Aberto em 1981. $

 

BRASILEIROS

Bah Restaurante

Cachepôs de vidro, velas e obras de arte feitas com taquara fazem parte da nova ambientação do lugar. Conduzida pela chef Carla Tellini, a cozinha prepara bolinhas crocantes de milho com pesto de manjericão e nozes (R$ 15,00) e polenta coberta com queijo colonial (R$ 15,00). Na sequência, a paleta de cordeiro desfiada com batata assada e uvas chamuscadas em manteiga preta (R$ 64,00) faz sucesso.

Avenida Diário de Notícias, 300, loja 2096, nível Guaíba, Cristal, (51) 3247-3000 (200 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sex. e sáb. jantar até 0h; sáb. e dom. almoço até 16h). Aberto em 2008. $$$

 

Iaiá Bistrô

O deque na rua com mesinhas, poltronas e almofadas coloridas é o lugar mais disputado pelos clientes. Por lá, eles provam receitas preparadas pela equipe liderada pela chef Daniela Craidy, como o polvo à lagareiro ladeado por batata e tomate-cereja confitado (R$ 84,00) e o filé de pirarucu acompanhado de risoto de coco com castanhas e molho de pitanga (R$ 75,00). A partir de setembro, a casa promete abrir para almoço também às quintas e às sextas.

Rua Chavantes, 636, Vila Assunção, (51) 3222-0098 (65 lugares). 19h/23h (sáb. também almoço 12h/15h; dom. almoço até 15h30). Aberto em 2009. $$$

 

CHINÊS

You Yi

O chef Zhou Rong Hua é o responsável pelas receitas apresentadas no cardápio deste autêntico chinês. De entrada, peça a famosa porção batizada de meia lua (R$ 32,00), de doze unidades de guioza de frango desfiado e gengibre. No rol dos principais, um dos destaques é o tradicional beijing duck, ou pato laqueado (R$ 93,00, para duas pessoas). A ave vai à mesa com panquecas da casa, cebolinha e missô.

Rua Cândido Silveira, 242, Auxiliadora, (51) 3342-3828 (94 lugares). 12h/14h e 19h/23h (sáb. e dom. 11h30/15h e 19h/23h). Aberto em 1991. $$

 

MEXICANOS

Kaichili Mexican Kitchen

Depois de comandar alguns restaurantes nos Estados Unidos, a dupla de irmãos holandeses Joshua e Leon Brill se juntou ao amigo peruano Andres Busser para dar início àcasa de pegada mexicana. Os nachos crocantes e guacamole saem por R$ 8,50 (porção de 100 gramas) e combinam com a cerveja Corona (R$ 11,00 a long neck). Se a fome for maior, há o prato  arbacoa (R$ 22,30), uma carne marinada com arroz, feijão, molhos e outros complementos.

Avenida Mostardeiro, 375, Moinhos de Vento, (51) 3533- 3903 (70 lugares). 11h/22h (sex. e sáb. até 23h). $

 

Pueblo

Com dois salões e um jardim, a casa monta um bufê no almoço com tortilhas, carnes, nachos e chilli, além de risoto, grelhados e pratos nada típicos (R$ 26,90 de segunda a sexta; R$ 38,90 aos sábados e domingos). À noite, os clientes costumam pedir a porção de nachos com chilli, cheddar, mussarela, tomate, azeitonas e guacamole (R$ 29,00, para duas pessoas) e a chimichanga de machaca (R$ 40,00), que reúne duas tortilhas de trigo crocante com feijão, carne de panela desfiada, mussarela, tomate, cebola e pimentão.

Avenida Ijuí, 147, Petrópolis, (51) 3332-5540 (90 lugares). 11h30/14h e 19h/0h (sáb. e dom. almoço 12h/15h). Aberto em 2005. $

 

PERUANO

Chola Guapa Restobar

Depois de uma temporada no Bom Fim, a casa foi ampliada e repaginada. No novo endereço, um painel colorido lembra parte da história e da cultura do Peru, terra natal do proprietário Horacio Icochea Villacorta. O bufê de almoço de terça a sexta (R$ 21,00 por pessoa) alinha sudado de pescado, arroz chaufa vegetariano e arroz amarelo com carne de porco, entre outras receitas. O típico e adorado ceviche, que também aparece no bufê às sextas, é feito com cubos de peixe marinados no limão, leche de tigre, cebola-roxa, pimenta, coentro, milho, batata-doce e alface (R$ 36,00).

Avenida Venâncio Aires, 859, Santana, (51) 3072-0002 (70 lugares). 11h30/14h30 ter. a sex. (sex. também jantar; sáb. 12h/15h e 19h/23h; dom. 12h/15h30; fecha seg.). Aberto em 2016. $

 

TAILANDÊS

Lanna Thai Fusion Cuisine

Thaís Lorea prepara, para a entrada, o pow-pia tawd (R$ 25,00), porção de três rolinhos thai recheados com filetes de frango e legumes temperados com limão, especiarias e molho agridoce. Já entre os pratos mais reforçados está o adocicado khao pad goong subparrod, com camarão, peixe e anéis de lula ao molho de ostras, tamarindo, arroz de jasmim, castanha-de-caju e uva-passa. Servido no abacaxi, chega à mesa por R$ 65,00.

Rua Barão de Santo Ângelo, 487, Moinhos de Vento, (51) 3508-3820 (30 lugares). 19h/23h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2013. $$$

 

VARIADOS

Applebee’s

A refeição pode ser iniciada com os palitos de mussarela empanados ao molho marinara (R$ 18,90). Em seguida, o baby back ribs generous vem com costelas de porco banhadas em molho barbecue, batata frita e milho cozido (R$ 59,90). De sobremesa, a sizzling apple pie (R$ 26,90) consiste num bolinho quente com finas camadas de maçã, calda de caramelo e sorvete de creme.

Barra Shopping Sul, (51) 3249-7335 (320 lugares). 11h45/ 23h (sex. e sáb. até 23h30). Rua Fernando Gomes, 114, Moinhos de Vento, (51)  3357-7632 (200 lugares). 11h30/23h (sex. e sáb. até 0h). Aberto em 2008. $$

 

Bistro do À La

Os clientes disputam as mesinhas na rua ou no alto do jardim, nos fundos da propriedade. Um bufê enfileira quinze variedades de salada, além de arroz, batata frita, bife acebolado, ovo frito, feijão e farofa. Pratos quentes como escondidinho, polenta frita ou arroz à grega complementam as sugestões. Ele custa R$ 33,90 por pessoa e inclui sobremesas.

Praça Doutor Maurício Cardoso, 53, Moinhos de Vento, (51) 3222-3278 (90 lugares). 11h30/15h (fecha sáb., dom. e feriados). Aberto em 2010. $

 

O Butiá

Instalado numa antiga fazenda, o restaurante tem cenário abrilhantado pelo rio Guaíba. Exclusivamente com reserva, oferece almoço de cinco etapas (R$ 130,00), que pode incluir pratos como o filé suíno com cogumelos e aligot. No fim da tarde, enquanto curte um show de jazz, o público pode pedir hambúrguer com queijo colonial, confit de cebola, chutney de maçã, rúcula e mostarda de Dijon (R$ 48,00). Recomenda-se ligar para checar o funcionamento da casa, que, vez ou outra, fecha para eventos.

Rodovia Frei Pacífico, 4100, Itapuã, (51) 3108-4100 (120 lugares). 12h/19h (fecha seg. a sex.). Aberto em 2013. $$$

 

Constantino Café

Considerado um dos restaurantes mais românticos da cidade, o local ganhou aquecedores a gás no disputado jardim. Toda a ambientação combina com o cardápio, assinado pelo chef Guilherme Calgaro. Ele prepara os anéis de lula à provençal (R$ 38,00), marinados em azeite, coentro e limão-siciliano, e o linguado grelhado ao molho de laranja e mostarda (R$ 64,00), sugestão que recebe a escolta de espinafre, batatinhas e cogumelo-de-paris.

 Rua Fernando Gomes, 44, Moinhos de Vento, (51) 3346-8589 (150 lugares). 12h/0h (fecha dom.). Aberto em 2005. $$

 

Cozy Gastronomia

Além do salão principal, com papéis de parede estampados, há um jardim charmoso nos fundos. O salteado de polvo, camarões e lulas ao perfume de alho (R$ 74,00) funciona como entrada. Depois, tem boa saída o confit de pato escoltado por cuscuz marroquino de tangerina e chutney de maçã ao curry (R$ 98,00).

Rua Comendador Rheingantz, 705, Auxiliadora, (51) 3557-6657 (80 lugares). 19h30/23h30 (dom. 12h/15h; fecha seg.). Aberto em 2015. $$$$

 

Deodoro Bistrô e Café

Apenas nove mesas preenchem o salão da casa instalada em frente à Praça da Matriz. Com ambientação moderna, paredes revestidas de madeira escura e poltronas vermelhas, o local é frequentado principalmente por executivos e advogados que atuam na região. Desde janeiro, quando mudou a administração, o lugar oferece pratos como omeletes recheadas com carne de panela, frango com requeijão e ricota com alho-poró (R$ 15,00 cada um). Das sobremesas, fazem sucesso a torta de banana com doce de leite (R$ 12,00 a fatia) e o quindim (R$ 6,00 a unidade).

Praça Marechal Deodoro, 174, centro. (51) 3228-5511 e 99645- 5812 (24 lugares). 8h30/19h30 (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2013.$

 

Eleven Dinner Room

O endereço se propõe a aliar jantar e balada. Para tanto, mantém um DJ residente e drinques assinados pelo reconhecido mixologista carioca Alex Mesquita. Da cozinha, conduzida pelo chef Maurício Olmi, participante do reality show The Taste Brasil, do GNT, saem receitas como o creme de funcho com azeite de limão, tartar de vieira e tempurá (R$ 59,00) e o tortelone de costela feito em manteiga de avelã com emulsão de parmesão (R$ 69,00).

Rua Dinarte Ribeiro, 148, Moinhos de Vento, (51) 3276-2548 (230 lugares). 19h/2h (dom. 17h/0h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

 

Gambrinus

A casa centenária serve receitas como o bolinho de bacalhau (R$ 9,00), pedida certeira para anteceder o filé de linguado com alcaparra e cogumelo-de-paris na manteiga, batata no vapor e arroz (R$ 119,00, para duas pessoas). Apenas às sextas e aos sábados, os clientes formam fila para provar a tainha assada e recheada com camarão (R$ 89,00, para dois).

Mercado Público Central, 89, centro, (51) 3226-6914 (80 lugares). 11h30/21h (sáb. só almoço até 15h; fecha dom.). Aberto em 1889. $$

 

House Café Bistrô

No romântico casarão de dois andares, a chef Ana Celina Brosina prepara menus com entrada, prato principal e sobremesa por R$ 45,00, no almoço de segunda a sexta, e R$ 55,00 aos sábados. O couvert também está incluso. Entre as suas criações estão creme de milho com ragu de rabada e agrião, cuscuz com carne bovina e sofioli de bacalhau ao molho champanhe com as lascas do peixe.

Rua Dona Laura, 19, Rio Branco, (51) 3407-7371 (120 lugares). 12h/15h (fecha dom.). Aberto em 2012. $$

 

Le Bistrot Gourmet

As grandes portas de vidro, o telhado transparente e as plantas que decoram o salão remetem a um grande jardim de inverno. Os pães servidos com patê de fígado, geleia de damasco e pepino abrem o apetite (R$ 44,00). Preparada com camarão, mexilhão, lula, batata-doce e coentro, a moqueca faz sucesso no almoço (R$ 68,00).

Alameda Alípio César, 22, Rio Branco, (51) 3346-9257 e 99907-3675 (120 lugares). 10h/22h (seg. a qua. 10h/19h). Aberto em 2010. $$

 

Lorita Fusion Cuisine

A chef Roberta Horn Gomes renova o cardápio de seu restaurante a cada estação. Para o inverno, a sopa francesa de frutos do mar (R$ 56,00) é sugestão para anteceder os camarões perfumados com coentro, curry, pimentão e vinagrete de frutas, que chegam sobre musseline de mandioquinha (R$ 98,00). Servido com purê de queijo brie e folhas, o confit de pato regado com molho de tamarindo e limão kaffir sai por R$ 85,00.

Rua Castro Alves, 678, Independência, (51) 3264-6000 (70 lugares). 20h/23h30 (fecha dom. a qua.). Aberto em 2008. $$$

 

A Magnífica Cozinha de Fulano de Sal

Aberto no primeiro mês de 2017, o simpático restaurante serve receitas diferentes todos os dias. Além das saladas, faz sucesso o à la minuta, às sextas, composto de arroz branco ou integral, feijão na companhia de carne bovina, frango ou hambúrguer vegano mais ovo e batata frita. Para fechar, brownie ou brigadeiro de colher. A refeição completa com entrada, principal e sobremesa sai por R$ 20,00 e ainda inclui água aromatizada com hortelã, limão ou laranja.

Rua Baronesa do Gravataí, 96, Cidade Baixa. (51) 3225-8766 (28 lugares). 11h30/14h30 (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2017. $

 

Orquestra de Panelas

Instalado num antigo casarão, recepciona os clientes com pães, manteiga, patê, pastinha de tomate e pedaços de queijo tipo parmesão (R$ 8,50 por pessoa). Entre os pratos mais pedidos, o peixe ao limão (R$ 64,50) é composto de um pescado fresco que varia a cada dia — linguado ou salmão —, molho de limão, aspargos e batatas. Também é possível optar pelo filé-mignon ao funghi com risoto (R$ 63,50).

Rua Padre Chagas, 196, 1º andar, Moinhos de Vento, (51) 3346-9439 (65 lugares). 12h/15h e 19h30/23h (sex. e sáb. almoço até 15h30 e jantar até 23h30; fecha dom.). Aberto em 2001. $$

 

Paris 6

A rede paulista de bistrôs espalhou-se pelas principais capitais brasileiras. Em Porto Alegre, o serviço começa com café da manhã, servido em sistema de bufê (R$ 32,00 durante a semana; R$ 39,00 aos sábados, domingos e feriados). No menu, o nhoque recheado com queijo brie ao molho de quatro queijos gratinado na panela de ferro é uma boa opção (R$ 63,00). Sucesso entre os habitués, o grand gateau paloma bernardi vem com calda de creme de avelã, leite condensado, morangos e avelãs (R$ 33,00).

Rua Padre Chagas, 32, Moinhos de Vento, (51) 3574-0265 (140 lugares). 7h/1h (sex. e sáb. até 2h). Aberto em 2016. $$

 

Pâtissier

O restaurante é sempre lembrado pela variedade de doces finos, como o mil-folhas (R$ 15,00) e a torta de figo com amêndoas (R$ 75,00, oito fatias). Antes da sobremesa, há pratos que variam de acordo com o dia, como feijoada (R$ 39,00), paleta de cordeiro assada (R$ 54,00) e hambúrguer com cebola, gorgonzola e batatas assadas (R$ 42,00).

Rua Marquês do Pombal, 28, Moinhos de Vento, (51) 3395-3848 (70 lugares). 11h/19h30 (sáb. até 18h; fecha dom.) Aberto em 1997. $$

 

Press Hilário

Para comemorar uma década, a casa passou por uma reformulação e conta agora com um destacado bar. O cardápio foi reforçado com receitas novas, a exemplo do steak tartare com batata frita ou pão na chapa (R$ 29,00), servido de entrada. Na seleção principal, destaca-se o carré de cordeiro grelhado com aligot (R$ 68,00).

Rua Hilário Ribeiro, 281, Moinhos de Vento, (51) 3222-7718 (130 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. até 23h). Aberto em 2006. $$

 

Porto Alegre Bistrô

Da cozinha do chef Mauro Sousa saem especialidades como o carré de cordeiro em geleia de physalis com cuscuz marroquino (R$ 82,00) e a pato à duquese, coxa da ave em maçã verde e purê de batata com noz-moscada e gema de ovos. O picolé de brownie de chocolate branco e frutas vermelhas (R$ 28,00) é um dos itens de maior destaque entre as sobremesas. Da carta com mais de 200 rótulos de vinhos, a sugestão é o argentino Norton Doc Mabec 2014 (R$ 165,00).

Sheraton Hotel, Rua Olavo Barreto Viana, 18, Moinhos de Vento. (51) 2121-6000 (48 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sáb. e dom. 12h30/15h30). Aberto em 2003. $$$

 

Rastkeller Baumbach

O tradicional restaurante de comida alemã completa cinquenta anos em 2017. No almoço há versões reduzidas do menu típico e receitas da cozinha brasileira expostas em um bufê (R$ 38,00 de terça a sexta; R$ 62,00 aos sábados, domingos e feriados). Todos os dias há uma receita especial: na terça é o joelho de porco assado. À la carte é possível solicitar o rahmschnitzel (R$ 48,00 ou R$ 76,00, para duas pessoas), filé ao molho de nata com spätzle e aspargo.

Avenida Pará, 1324, São Geraldo, (51) 3222-0940 e 3346-4322 (185 lugares). 11h30/14h e 19h/23h30 (sex. e sáb. jantar até 0h; fecha seg.) Aberto em 1967. $$

 

Studio dos Aromas Bistrô

No ambiente decorado com quadros coloridos são servidas receitas da chef Natalie Machado. Por R$ 45,00, o almoço inclui entrada, prato e sobremesa. No cardápio que muda a cada mês podem surgir combinações como a que combina creme de alho-poró e frango com purê de batata, shiitake e ervilha fresca. No rol de sobremesas, o sorvete de iogurte é banhado por creme de azeite balsâmico e frutas.

Rua João Alfredo, 549, Cidade Baixa, (51) 3573-6818 (21 lugares). 12h/15h30 (fecha sáb. e dom). Aberto em 2016. $

 

Tartare

O menu passeia por receitas como bolinho de feijoada (R$ 21,00, quatro unidades), filé de linguado com aspargo, cogumelo-de-paris e camarões acompanhado de batata (R$ 119,00, para duas pessoas) e filé bourguignon com risoto de aspargos (R$ 107,00, para dois). O tinto argentino Finca La Linda Malbec 2015 é um dos rótulos que repousam na adega (R$ 99,00).

Avenida Maryland, 696, São João, (51) 3013-4479 e 3026-3888 (74 lugares). 18h/0h (sáb. e dom. também almoço 12h/15h). Aberto em 2013. $$

 

The Raven Restaurant

A iluminação baixa, os tijolos à vista e os móveis rústicos lembram um ambiente de taberna. É nesse clima que o chef argentino Julio Cefis se inspira para pensar em pratos como a picanha de cordeiro grelhada e servida com molho de Cabernet Sauvignon e frutas vermelhas (R$ 59,00), que chega acompanhada de purê de batatas com inusitado toque de chocolate branco. Da linha mais clássica, há o chamado tartar mediterrâneo, com filé-mignon cru, alho-poró, ciboulette, salsinha, alcaparra, aipo e gema de ovo de codorna na finalização (R$ 36,00).

Rua Sarmento Leite, 969, Cidade Baixa, (51) 3072-2882 (66 lugares). 11h30/14h30 e 9h30/23h30 (sáb. e dom. 12h/15h e 19h30/23h30; fecha seg.). Aberto em 2013. $$

 

Tirol

Um dos restaurantes mais tradicionais da capital, prepara sugestões como o filé-mignon ao molho de gorgonzola e cebola caramelizada, que recebe arroz de guarnição (R$ 93,00). O valor dá direito a se servir do bufê de saladas. O almoço funciona em sistema de bufê, e custa R$ 37,90 de segunda a sexta e R$ 49,90 nos fins de semana.

Rua José de Alencar, 520, Menino Deus, (51) 3233-7434 (200 lugares). 11h30/14h30 e 18h/23h (dom. jantar 19h/23h). Aberto em 1987. $$

 

300 Cosmo Dining Room

Com decoração requintada e luz baixa, o badalado restaurante tem cozinha comandada pelo chef Rodrigo Nappi e investe em receitas que misturam técnicas da culinária japonesa com ingredientes peruanos e influências europeias. O ebi furai (R$ 82,00; quatro unidades), camarões empanados na farinha panko e banhados com molho tarê e guacamole, é boa sugestão de entrada. Na seção dos pratos quentes, o polvo la tia panca 300 (R$ 87,00) é servido com os tentáculos e temperado ao molho de pimenta panca peruana, salteado e guarnecido de purê de batata baby e ervas.

Rua Marquês do Pombal, 300, Moinhos de Vento, (51) 3372-0308 (150 lugares). 20h/1h (fecha dom.). Aberto em 2013. $$$

 

Tudo pelo Social

Fartura e preços domados fazem o sucesso da casa. Campeão entre as 23 receitas, o à la minuta custa R$ 23,00 e satisfaz duas pessoas. O prato reúne arroz, fritas, chuleta ou bife na chapa, ovo e salada. A clientela também se abastece com filé à parmigiana com recheio de presunto e queijo (R$ 84,00, para até quatro pessoas), que vem à mesa com salada, arroz e fritas. De segunda a sexta, há um bufê a R$ 13,00 por pessoa.

Rua João Alfredo, 448, Cidade Baixa, (51) 3226-4405 (340 lugares). 11h/14h45 e 18h/23h45. Aberto em 1988. $

 

VARIADOS/BUFÊ

 Bistrô Santo

Azulejos hidráulicos e flores ajudam a compor a ambientação rústica da casa. Entre as especialidades do chef Keio Cardoso estão bacalhau à gomes de sá, maminha assada, risoto de pera com gorgonzola, torta de bolacha com doce de leite e sagu com vinho, parte do bufê de trinta pratos, entre quentes, saladas e sobremesas (R$ 26,00 livre ou R$ 59,90 o quilo durante a semana, e R$ 40,00 fixo aos sábados, domingos e feriados).

Rua Passo da Pátria, 406, Bela Vista. (51) 3573-1130 (105 lugares). 11h30/14h30 (sáb., dom. e feriados 12h/15h30). Aberto em 2014. $

 

Dado Garden Grill

Há massas, saladas, grelhados e até sushi no cardápio eclético. Caponata, nhoque de abóbora com nozes e alho-poró, filé-mignon suíno com gorgonzola e cebola caramelizada, costela cozida por doze horas e picanha são algumas das receitas preferidas da clientela. O serviço custa de R$ 49,90 a R$ 59,90. Para acompanhar, o chope Dado Bier Lager sai por R$ 8,90 (300 mililitros). Da mesma rede, o Dado Bier do Bourbon Shopping Country também trabalha com sistema de bufê.

Praia de Belas Shopping, (51) 3233-0696 (240 lugares). 11h30/15h e 19h30/0h (sáb. e dom. almoço até 16h). Aberto em 2001. $$

 

Du’Attos

Na unidade do Theatro São Pedro, os fundos do prédio histórico têm mesas muito disputadas pela clientela. O bufê alinha saladas, quiches, pratos quentes, como trouxinha de requeijão com damasco, risoto funghi, salmão ao molho de mel e mostarda e outras receitas. Custa R$ 60,00 por pessoa, valor que inclui sobremesas.

Rua dos Andradas, 1444, Galeria Chaves, centro, (51) 3226-9142 (200 lugares). 11h30/15h (fecha sáb. e dom.).  Praça Marechal Deodoro, 1, Multipalco Theatro São Pedro, centro, (51) 3211-4000 (90 lugares). 11h30/15h (sáb. até 15h30; fecha dom.). Aberto em 1997. $$

 

Ovo Gastronomia

O bufê a preço fixo (R$ 29,90 por pessoa) alinha catorze tipos de salada, massas e carnes como o entrecôte, sempre servidas com ovo frito, a marca da casa. Para encerrar, fruta, pudim ou ambrosia se revezam entre as sobremesas. No jantar, funciona ali uma minichurrascaria com doze tipos de espeto, entre eles vazio, carré de cordeiro e wagyu. Os preços variam de R$ 18,00 a R$ 45,00 por 300 gramas de carne.

Rua Desembargador Esperidião de Lima Medeiros, 389, Três Figueiras. (51) 3573-7026 (90 lugares). 11h30/14h30 e 19h/23h30 (dom. até 15h). Aberto em 2015. $

 

Panorama Gastronômico

O local tem bufês temáticos, totalizando mais de 120 receitas disponíveis nas seis ilhas (R$ 34,00 de segunda a sexta; R$ 45,00 aos sábados e domingos; preço por pessoa). Fazem sucesso pratos de origem italiana, japonesa e outras variadas, como a paella valenciana e o bacalhau com diferentes molhos, aos fins de semana. Há também omelete, salada quente, crepes, carreteiro de charque e feijoada.

Avenida Ipiranga, 6681, prédio 41, 4° andar, PUCRS, Partenon, (51) 3339-2446 (550 lugares). 11h30/14h (sáb. e dom. 11h15/14h30). Aberto em 1994. $

 

Riversides

Conhecido pela gastronomia diversificada, o local serve o tradicional churrasco no espeto corrido, incluindo costela doze horas, picanha e entrecôte. As carnes são acompanhadas por sugestões alinhadas num amplo bufê com antepasto, saladas, massas, assados e sobremesas. De segunda a sexta, o bufê de almoço executivo sai por R$ 42,90 e o completo, por R$ 65,90, o mesmo valor cobrado pelo jantar até quinta. Durante o fim de semana e no jantar de sexta, os valores sobem para R$ 68,90, sem incluir o bufê de sobremesas (pago à parte, R$ 15,90). Da carta de vinhos, com mais de cinquenta rótulos, os destaques são o argentino Los Haroldos Torrontés Mendoza (R$ 68,00) e o espanhol Marques de Escriba Tinto Jumilla (R$ 82,00).

Avenida Nilo Peçanha, 1766, Boa Vista, (51) 3379-0345 (270 lugares). 11h30/14h30 e 19h/23h30 (sáb., dom. e feriados almoço até 15h30). Aberto em 1992. $$

 

Suzanne Marie

O nome da casa é uma homenagem à avó de Julia Mantese, proprietária do local. É possível se acomodar na adega do subsolo para aproveitar o bufê (R$ 101,00 o quilo de segunda a sexta; R$ 106,00 aos sábados). Nele ficam alinhados sete pratos quentes e vinte saladas. Os clientes deparam com receitas como o folhado de pato, a torta de camarão com abobrinha orgânica, a paleta de cordeiro e o risoto de cogumelos.

Rua Tobias da Silva, 304, Moinhos de Vento, (51) 3023-4549 e 99653-4706 (120 lugares). 11h30/14h30 (sáb. 12h/15h.; fecha dom.). Aberto em 2004. $$$