Quadro de Basquiat bate recorde em leilão: US$ 110,5 milhões

Valor é quase o dobro do recorde anterior do pintor, de US$ 57,2 milhões em maio de 2016

Um quadro sem título do americano Jean-Michel Basquiat foi arrematado nesta quinta-feira pelo valor recorde de 110,5 milhões de dólares em um leilão na casa Sotheby’s, em Nova York. Essa grande obra (1,83 x 1,73 metro), que representa uma inquietante cabeça negra sobre um fundo azul, foi vendida após mais de dez minutos de leilão, uma duração incomum.

O preço de partida — ou lance inicial — era de 57 milhões de dólares, quase o recorde de Samo, pseudônimo com o qual Basquiat ficou conhecido nos muros de Nova York.

O recorde anterior do artista era de uma outra tela também de grande formato (2,38 x 5 metros), também sem título, leiloada em maio de 2016 por 57,2 milhões de dólares em evento da Christie’s.

(Com agência France-Presse)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. David Farias

    Quantos bocas poderiam ser alimentadas com este valor, crianças poderiam ser salvas, idosos tratados, e o ao invés disso o Sr. milionário resolve torrar nessa coisa horrenda que chamam de arte.

    Curtir

  2. Ronaldo Serna Quinto

    Que trem feio!!! kkk

    Curtir

  3. Um absurdo, a humanidade está doida, bailando para a decadência total!

    Curtir

  4. Sandro Arilson Rosa

    Arte igual as que existem em várias pré-escolas brasileiras, mas o “artista” era negro, homossexual e viciado, então o preço sobe!!

    Curtir

  5. Reinaldo Favoreto

    O problema no mundo não é alimentar as bocas, mas parar de gerar bocas. Haja boca comendo, o mundo é um só,

    Curtir