Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Primeiro filme sobre a Lava Jato não chega lá

'Polícia Federal: A Lei É para Todos' é uma decepção

A Lava Jato vem ocupando o centro do debate público brasileiro desde 2014, quando uma investigação sobre doleiros começou a levantar o esquema bilionário de corrupção na Petrobras. Polícia Federal: A Lei É para Todos, portanto, chega aos cinemas cercado de expectativa: é o primeiro filme dedicado a reconstituir a operação, de seus primórdios até a revelação dos áudios de Lula, em 2016. O filme, porém, é uma decepção. A resenha de Jerônimo Teixeira, em VEJA desta semana, explica como os clichês de filmes de ação e a narrativa esquemática do filme dirigido por Marcelo Antunez puseram a perder uma boa história.

Leia a resenha na íntegra assinando o site de VEJA ou compre a edição desta semana para iOS e Android.
Aproveite também: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    Tudo que se produzir a respeito da lava jato ,a maior operação contra a corrupção no mundo , será pouco .Ate porque os brasileiros são um povo que precisa mais de informação e educação .

    Curtir

  2. news da hora

    Tem que rodar um seriado , com todas as fases da lava jato ,para mostrar para o povo Brasileiro , os bilhões que o Lula roubou com o PT , e suas quadrilhas .

    Curtir

  3. O problema está na mentalidade do brasileiro. Seria como esperar um retorno de Jesus pra explicar o fenômeno das igrejas cristãs. Não vai acontecer e deixa a desejar.

    Curtir

  4. Paulo Santos

    A vantagem do primeiro poder ser melhorado é que poderá ser realizado um seriado com sucesso.

    Curtir

  5. carlos roberto brito miqueletti Miqueletti

    O mito LULA ajudando um monte de imbecis amarelinhos a faturar uns trocados.

    Curtir

  6. FILME SOBRE A LAVA-JATO? é muito cedo para isso, não poderia de forma alguma fazer um filme a respeito de de uma caso que ainda não foi concluído, isso me mais parece é de quem está interessado em terminar com a sangria e com o filme é como dizer: CHEGA, BASTA! NÃO PRECISA MAIS E VAMOS PARAR COM ISSO. Pelo que entendo ainda existe muitas cabeças a rolar e não poderia de forma alguma tal lançamento de filme sobre um assunto tão sério deste.

    Curtir