Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Piloto de avião de Bieber usa máscara contra ‘marofa’ de maconha

Segundo a rede de notícias 'NBC News', o cantor e seu pai também teriam assediado a aeromoça durante o voo do Canadá para os EUA, na última sexta

Os pilotos do jatinho de Justin Bieber teriam usado máscaras de oxigênio para não inalar a fumaça de maconha que pairava pela aeronave, na última sexta-feira, durante o voo feito pelo cantor entre Toronto, no Canadá, e Nova Jersey, nos Estados Unidos.

Um dos pilotos teria pedido várias vezes para que o cantor e sua equipe parassem de fumar na aeronave, segundo reportagem da rede americana NBC News. Como seu pedido não foi atendido, ele tomou a iniciativa de usar uma máscara, no que foi seguido pelo copiloto, para não correr o risco de inalar a “marofa” e falhar em um possível teste toxicológico — ou, pior, na condução do avião.

Selena Gomez culpa Bieber por sua passagem pela rehab

Julgamento de Justin Bieber é adiado – de novo

Miley dá conselhos a Bieber e se gaba por ‘ainda’ não ter sido presa

Bieber e seu pai também foram acusados de assediar a aeromoça durante o voo, que foi forçada pelo comandante a permanecer perto da cabine para evitar o comportamento “extremamente abusivo” dos dois. À reportagem, a mulher afirmou que não trabalharia mais “em nenhum voo com eles”.

Assim que o jatinho pousou em Nova Jersey, funcionários da alfândega do aeroporto de Teterboro sentiram um forte cheiro de maconha e decidiram revistar a aeronave. Agentes especializados e cães farejadores foram usados nas buscas, mas, surpreendentemente, as autoridades não encontraram indícios concretos da droga. Apesar disso, o cantor canadense foi interrogado por cinco horas até ter a sua entrada no país autorizada.